21 de setembro de 2016


Eu a conheci tarde de mais para realmente conhece-la. Eu não tenho coragem de perguntar. Eu não tenho direito de saber. Mas me lembro de Vinicius de Moraes dizer que um poeta só é bom se for triste... E eu via poema na casa toda, decorada de amor. O que seria daquela casa se não fosse aquela mulher?

O que você gostaria de ser quando crescer? Eu gostaria de continuar sendo aquela criança que um dia fui. Tentei arranca-la de mim. Ou apenas descobrir-me. Mas eu sempre fui aquela criança, eu nunca serei nada além disso, ainda que eu ganhe alguns centímetros a mais. Uma criança perdida de sua mãe.

Em uma tarde de domingo eu deixei de ir à igreja e fui na casa de alguém. Era um lar, que como qualquer outro lar tinha cheiro de recomeço. E ali naquele pequeno mundo, eu olhei para uma senhora que comportava outro mundo por trás de seus olhos. Eu via pela maneira como tinha os olhos serenos e caídos, e como abraçava sua irmã, que ela tinha viva dentro de si uma paz que não se encontra em templos.

Era Maktub. Não se indagava sobre nada, acreditava no tempo, sobrevivia apesar do tempo, nublado, frio, chuva, calor. Sob frágeis raízes de apego, ela tinha amor em seus atos, em seus olhos, até pela maneira de mexer no cabelo, ajeitar a blusa, desculpar-se pela bagunça.

Foi naquela tarde, e a cada tarde, quando a via, trocando poucas palavras, entrando e saindo, sequer capaz de expor um pensamento, eu me perguntava onde o mundo quer me levar. Pelas ruas da cidade vou para lá e para cá, selfies, reclamando direitos, ajudando alguém, incapaz de olhar para alguém, tentando, tentando, tentando... Fazer do próprio mundo um grande lar, mas falhando. Era como procurar Deus no lugar errado.

Por que o lar está no coração. Você não precisa ir além disso. Apenas pare e escute-o. Conserve seu coração puro e você saberá o que fazer. Era o que eu lia a cada dia. Parece que seus passos levam-te apenas onde está seu pensamento. Meu pensamento estava na minha criança cheia de indagações. E eu encontrei-a naquela casa, sentei, conversei com ela. Ainda mais cheia de indagações, era minha paz. Um dia, enfim, ter a força da sua paz.

Minha criança inocente, quebrada pela malicia, um dia queria ter maturidade para perdoar-se, deitar-se no fim do dia e dizer: Deu tudo certo. Como mais uma vez as coisas tinham que ser. Aqui está a vida, grande em sentimento, pequena em espaço e sem razão. Gratidão.

O que achou?
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...
Categorias:

10 comentários:

  1. Que lindo *-*
    "Por que o lar está no coração. Você não precisa ir além disso. Apenas pare e escute-o." Amei esse trecho <3 Parabéns!
    Beijos :*

    ResponderExcluir
  2. Tornar-se adulto é entender-se para sempre criança.
    GK

    ResponderExcluir
  3. Eu gosto muito dos seus textos. Eles tem elementos que é impossível não se identificar. O título é extremamente poético e por si só já diz bastante coisa

    beijo
    beinghellz.com

    ResponderExcluir
  4. Que texto lindo!
    Achei meio triste não sei se pela forma que li, mas achei bonito.
    Já cliquei no Botão para seguir o Blog.
    Bjs
    Cíntia Neves
    http://www.cintianeves.com
    https://www.youtube.com/channel/UC5nZxGctnYB8WogbxcMrr-A/videos
    https://twitter.com/umadocepimenta

    ResponderExcluir
  5. Concordo que o lar está no coração, para mim o lar também está onde você se senti bem e em paz. Gostei do texto.

    Tem post novo lá no blog. Espero sua visita, Bjs.
    Plumas e Paetês

    ResponderExcluir
  6. "Por que o lar está no coração." Awwwn que lindo, verdade está mesmo, só depende de nós <3

    Beijinhos :*
    http://www.eraoutravez.com/

    ResponderExcluir
  7. Ser quando crescer. Às vezes a gente se frustra tanto quando chega esse tempo. texto lindo.

    ResponderExcluir
  8. Adorei o texto!

    Beijos ♥

    Jéssica || Fashion Jacket
    www.fashionjacket.com.br

    ResponderExcluir
  9. Estou visitando o seu blog e gostando bastante dos seus textos!
    "Parece que seus passos levam-te apenas onde está seu pensamento." Esse trecho atraiu drasticamente a minha atenção. É a mais simples e pura verdade.
    http://pensologosoupensador.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir

Deixe sua opinião, será muito bem vinda!

Caso tenha alguma duvida, pergunte, e volte no post que logo será respondido.

Os comentários não aparecem aqui assim que você comenta, todos os comentários são moderados, e podem demorar um pouco para aparecem na página.

ATENÇÃO BLOGUEIROS: Evite spam, não deixe mais de um link na sua postagem, ao contrário ela não será aceita. Eu retribuo COMENTÁRIOS DECENTES. :)