23 de dezembro de 2015


Os dias correm e as horas voam, e nem sempre eu consigo discernir o que sinto. Se está bom, se está ruim, vou vivendo, vou sonhando, vou acreditando que posso fazer melhor. Mas em meio a essa confusão, sinto uma pressa, uma vontade urgente de deitar num colo que me traga paz. Não que seja carência, ou qualquer coisa... Apenas parece que as coisas fazem muito mais sentido, e que o mundo para um pouco para eu respirar. Para ouvir sua respiração.

É estranho mas quando penso em você meu coração sorri. E ele me diz coisas que talvez eu não seja capaz de explicar. É medo, mas acompanhado do dobro de coragem, de segurança e uma vontade urgente de ficar. Porque não é sempre que o mundo para. E quando ele para, talvez eu possa ter certeza, de que vale a pena arriscar... Um minuto a mais, uma hora ou um dia... Para tê-lo ao meu lado, fazer chorar, fazer sorrir.

Porque tê-lo ao meu lado não é uma mera questão de companhia. Quando ele está aqui está também sua amizade, sua risada, seu cheiro, sua voz e tudo que torna cada momento completo. Estão ali seus pensamentos, seus sonhos, suas vontades... Estou sempre atenta à decifrar. Porque nos tempos de corpos vazios... Encontrei alguém disposto a acrescentar. Doses certas de confiança, carinho e cordialidade.

O que o futuro me guarda? Não sei... Sei apenas que nunca vou aceitar menos do que ele me proporcionou. Sentimentos novos que não tornaria experimentar com mais ninguém. Porque seria burrice, à essa altura, dizer que é passageiro. Pode até ser, mas para mim faz parte da minha história, de forma tão intima, das coisas menores até as mais relevantes, desde que o conheci tudo passou a fazer diferença.

A gente sabe lá se vai dar certo... Não vou me preocupar com isso. Vou me preocupar em ser inteira para ele como ele é para mim. Em doar-me como ele faz por mim. E acalmar essa pressa, aquietar essa urgência. Que a paz está em seu cuidado em ficar, dia por dia, me ganhando, me conhecendo, e essas coisas nunca se esgotam enquanto o cuidado não esgotar.

Meu sorriso todos veem... Tu vai um pouco além... Enxerga segredos do meu coração. Vê ele chorar, vê ele partir... Faz ele sorrir. Por você, faço mais que ir, eu permaneço. Enquanto fizer sentido, enquanto fizer sentir. 

O que achou?
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

Um comentário:

Deixe sua opinião, será muito bem vinda!

Caso tenha alguma duvida, pergunte, e volte no post que logo será respondido.

Os comentários não aparecem aqui assim que você comenta, todos os comentários são moderados, e podem demorar um pouco para aparecem na página.

ATENÇÃO BLOGUEIROS: Evite spam, não deixe mais de um link na sua postagem, ao contrário ela não será aceita. Eu retribuo COMENTÁRIOS DECENTES. :)