16 de agosto de 2015

Livraria Guarulhos
Quantas palavras seriam necessárias para colocar em um papel, ou no caso, numa tela de computador, tudo que já se passou e ainda passa pela minha cabeça quando penso que esse é o meu tão esperado ano dos 18 anos? É assustador e ao mesmo inquietante. Tenho 18 anos e ainda não posso nada, mas não é pelos mesmos motivos de antes. Os medos dobraram, as responsabilidades triplicaram, minhas expectativas estão à mil e o tempo parece ter diminuído drasticamente. Ainda assim, apesar de tudo, continuo correndo, contra o tempo, contra tudo e contra todos. 

E parece cada vez mais que algo dentro de mim grita: você está se tornando comum, não é mais aquela adolescente excêntrica que tinha muito dom, muito talento, muita a explorar. Você é apenas mais um garota de 18 anos que ainda não ingressou no superior, que não foi contratada pela grande empresa, que não se tornou famosa, nem tão bonita, e que não se aperfeiçoou enquanto pode, tampouco tem o namoro (ou um namorado) estável. Agora você pega ônibus todo dia de manhã e toda noite chega esgotada, sem capacidade, física e emocional, de vestir sua melhor versão e mostrar o que é, pela palavras, pela poesia, pelo blog.

Essa voz dentro de mim não está errada, eu realmente estou esgotada. Mas, por outro lado, eu escuto uma voz ainda mais forte que diz: Ainda há tempo... Você pode, você um dia vai chegar lá... Um dia todos vão entender o por quê se isolou tanto, correu tanto, se dedicou tanto... E principalmente, acreditou tanto. Então continue acreditando e tentando, mesmo no seu tão monótono dia-a-dia, pois se não acreditar, você dará razão para quem tanto, até então, desacredita.

Apesar de estudar muito tudo que esteja relacionado à marketing, simplesmente não consigo me moldar ao que um público ou um mercado espera de mim. As coisas são claras em minha mente, mas essa clareza não me satisfaz. Todos os dias eu me levanto e oro para que eu vá para o mundo, e não que o mundo adentre em mim. Eu ainda quero a incerteza de florescer de dentro para fora. E por isso, apesar de saber que é mais arriscado, ainda prefiro ter fé que ter fórmula, ritual. Ainda prefiro errar que ser o que já esperam de mim.

Livraria Guarulhos
Esse ano senti muito a grandeza da vida. Parece que nunca o mundo girou tão conciso. Claro que com altos e baixos, alguns baixos muito fundos, porém com altos incríveis. Com a proteção de Deus, senti suas mãos sobre mim todos os dias. Muitos milagres tenho à contar, meu ultimo presente foi ter perdido minha carteira nas abençoadas mãos de uma moça muito simpática que veio até meu trabalho me devolver, sem nem tocar no meu dinheiro. Todos os dias conheço pessoas incríveis e valiosas, na ultima semana conheci um professor de Hebraico, já muito idoso e debilitado, escreveu meu nome e mais duas frases em um papel, e mais tarde voltou para me entregar uma apostila para que eu iniciasse as aulas da maneira que pudesse. Mais um exemplo fantástico de como é bom estar à disposição de tantas surpresas, e sempre atenta, e sempre grata.

adolecentro
A Bibliotecária de Auschwitz foi um presente que ganhei pelo meu desempenho nas vendas.

Adolecentro
O colar e brincos de coruja foram presentes da minha gerente. Todos sabem o quanto sou apaixonada pela figura da coruja. ♥

Suzana

Ciente do meu gosto por máxi brincos, minha prima me presenteou com um lindo par da Bendita Benedita.

Guarulhos

Chocolates nunca podem me faltar: Ganhei de uma colega do serviço e também de um cliente muito simpático.

A Fofa do Terceiro Andar

Ainda sobre docinhos, minha best, do serviço, me presenteou com um delicioso cupcake e outros mimos ♥

Adolecentro

Coração de Tinta foi presente de um dos livreiros, colega de trabalho, o cartonista e fotógrafo William.

Gugu Keller
À tempo de escrever o post, chegou em casa o presente de meu grande amigo, blogueiro, escritor e leitor do blog Gugu Keller!  

Adolecentro
Meu gerente também me presentou livro, um de seus favoritos: O Jogo do Anjo.

Nokia
O presentaço dos meus pais, junto meus irmãos, foi um lindo Nokia Lumia. Não me perguntem mais detalhes pois não sou a mais manjada sobre celulares. Qualquer um seria melhor que meu antigo CCE.

edição de luxo
Perto da data, a editora Martin Claret nos permitiu escolher um título para ler e indicar. Não pensei duas vezes para pedir a nova edição de luxo de Madame Bovary, pelo qual já tinha mencionado meu interesse aqui. Foi um presentaço!

Mangá
De sua ultima viagem, outra prima trouxe o Gato Risonho, com selo da Disney e tudo! Os mangás eu mesma comprei pelas bancas de Guarulhos.

O Boticário
o boticário
E mais presente de prima, o kit com três esmaltes do O Boticário! Eles vieram nessa embalagem linda! Não podia mesmo faltar esmaltes nessa seleção de presentes incríveis.

Carlos Patricio
No dia da festa chegou também um exemplar de Delirium, autografado, ilustrado e dedicado pelo autor Carlos Patrício. Comprei sua obra, pois nunca perdi meu amor por nacional, mas claro que vale como um presente também.

Gato Risonho
Pra encerrar: O presente da minha amiga livreira: O Lado Mais Sombrio. Ele já foi resenhado pela Ísis aqui, e estava na minha lista de desejos! ♥

PS: Também ganhei roupas, mas deixo para fotografá-los nos looks, senão perde a graça rs

Momentos, sorrisos, aprendizados, amizades... Cada vez tenho mais certeza que a cada dia colho presentes sempre mais bonitos.

Repito, e não deixo de repetir, o quanto sou grata a todos que alegram meus dias, seja com um sorriso, uma gentileza, com presentes materiais, palavras de amizade ou até mesmo gestos de cidadania. Gratidão!

O que achou?
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...
Categorias:

13 comentários:

  1. Pois é, os 18 anos tem seus prós e seus contras, creio que mais contras hahaha
    A parte boa de tudo isso é que você ganhou muito presente né?
    Boa semana!

    http://www.jj-jovemjornalista.com/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. hahaha você tem razão, também acho que mais contras. Compensaram-me com muitos mimos. rsrs

      Excluir
  2. Ganhar presentes é tudo de bom!!

    bjokas =)

    ResponderExcluir
  3. amo coisas de coruja ♥
    http://www.blogandocomadeni.com.br

    ResponderExcluir
  4. Quanto amor! Eu amo quando o meu aniversário chega porque eu fico super emotiva e vejo o quão eu amo as pessoas que estão próximas de mim! E qualquer dia eu ainda te mando um presentinho, ok? ♥

    Beijos,
    http://daniperere.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  5. Suzana... Só não conseguimos o que não queremos o bastante, e mesmo quando parece tarde para ser cedo, provavelmente ainda é muito cedo para ser tarde.
    GK

    ResponderExcluir
  6. Parabens, Suzana! Que venham muitos anos pela frente e que com eles vc se torne a pessoa q vc deseja e com muito sucesso e amor!
    Adorei os presentes que vc ganhou!
    Bjs

    http://achadosdamila.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  7. Tenho certeza que ainda irei comprar um livro seu.
    Minha melhor escritora.
    Amo.

    Gi

    ResponderExcluir
  8. lendo sua 'reflexão' sobre os 18 anos. hoje tenho 23 e continua do mesmo jeito kkk. já estou no ensino superior, mas demorou bastante, cada dia é um dia pra responsabilidades, aprendizados e erros. adorei o texto, achei fofo os presentes . parabéns .


    abraços, Edwin
    www.oquefaltou.com

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. haha acho que as coisas não mudam mesmo depois dessa idade, só o tempo passa cada vez mais rápido.
      Obrigada pelo comentário! ^_^

      Excluir

Deixe sua opinião, será muito bem vinda!

Caso tenha alguma duvida, pergunte, e volte no post que logo será respondido.

Os comentários não aparecem aqui assim que você comenta, todos os comentários são moderados, e podem demorar um pouco para aparecem na página.

ATENÇÃO BLOGUEIROS: Evite spam, não deixe mais de um link na sua postagem, ao contrário ela não será aceita. Eu retribuo COMENTÁRIOS DECENTES. :)