25 de agosto de 2015

Eu queria, no fim do dia, deitar e dizer: Consegui. Me encontrei. To a salvo. Deu tudo certo... Mas eu tenho um livro, eu tenho um verso e uma vontade... Que não cabem em lugar nenhum. E eu nunca me encontro, e nunca é o suficiente.

Eu queria, no começo do dia, ter a certeza de que voltaria para casa viva. E não apenas viva, mas completa. Sem deixar rastros no mundo, apenas pequenas marcas delicadas no coração. Fazer sentido...

Mas parece que a calma é a virtude que meu ser rejeitou. Apesar de estar calma. Apesar de sentir-me em paz. Eu queria mais. Queria correndo, queria gargalhando, embriagada, louca. Tudo está em paz, mas a paz é incomoda quando somos jovens. Queremos sentir a vida, não em sua plenitude, e sim na sua forma borrada, errônea, apaixonada...

É o que é bom? De forma alguma... Mas não nascemos para fazer sentido, agora percebi. Nascemos para fazer sentir. Para sentir pulsar. Para querer demais, vulgar, dando-se o luxo dessas palavras, dessas luzes, da Avenida Augusta. Onde o afeto se torna um borrão, e nossas crenças se diluem no 95% álcool e na falta de lucidez.

Lucidez? Eu desisti de encontrar respostas para minhas perguntas. Permiti viver o dia como ele é. Pensar o que vem a mente. Se preciso, xingar. Se preciso, sorrir. Para a morna rebeldia. Para a norma culta. Para a prova de matemática. Eu me perco no momento que me procuram. E eu não quero mais isso. Eu quero aprender, sim. Mas quero ter a coragem de ser o melhor de mim. Apesar de errada, apesar de incoerente, apesar de infeliz e cansada.

Não queria mais. Passei a querer e o universo me revelou as coisas boas. Me revelou as incertezas da minha vida. Não revelou para que eu soubesse, mas sim, para eu enxergar que não sei. E, apesar da fé, a incerteza finalmente se tornou parte da vida. E foi melhor assim.

O que achou?
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...
Categorias:

9 comentários:

  1. A vida é feita mais de incertezas do que certezas.

    bjokas =)

    ResponderExcluir
  2. A vida é cheia de dúvidas mesmo. Acho que nunca vamos responder todas as perguntas dela.

    http://www.jj-jovemjornalista.com/

    ResponderExcluir
  3. Para um mundo surdo, em meu profundo surto, o absurdo assumo.
    GK

    ResponderExcluir
  4. Sua escrita continua evoluindo cada dia. Amei o texto. bjs

    ResponderExcluir
  5. Eu amei seu texto minha linda....♡♡

    ResponderExcluir

Deixe sua opinião, será muito bem vinda!

Caso tenha alguma duvida, pergunte, e volte no post que logo será respondido.

Os comentários não aparecem aqui assim que você comenta, todos os comentários são moderados, e podem demorar um pouco para aparecem na página.

ATENÇÃO BLOGUEIROS: Evite spam, não deixe mais de um link na sua postagem, ao contrário ela não será aceita. Eu retribuo COMENTÁRIOS DECENTES. :)