17 de junho de 2015

Adolescência, um período de tantas descobertas, tantos novos caminhos se abrindo a nossa frente, tantas emoções e sensações que não foram experimentadas, um monte de desejos e quereres brotando no peito e uma ânsia pelo agora como nunca havia antes.

Outra definição mais abreviada e com uma pitada de humor poderia ser: "A fase do ninguém me entende!" rs Mas será que a culpa dessa falta de compreensão é culpa do outro que não me enxerga ou minha mesmo que nem sei quem sou eu? 

Ah! tantas perguntas sem respostas, tantas reflexões meio sem sentido, e uma busca quase que incessante por descobrir quem sou eu!

Um dia eu gosto de rock, pinto os cabelos de preto, ouço músicas tristes e escrevo cartas de despedida desse mundo tão cruel. No outro acordo com um ânimo diferente, achando beleza no canto dos pássaros e tenho vontade de cantarolar uma música alegre e mandar recados para todos meus amigos dizendo que eu os amo, mas espera ai, eu não era alguém quase depressiva, o que esta acontecendo? 

Como se não bastasse, ainda tem as pressões externas! Pessoas exigindo comportamentos, que você se porte de uma determinada forma, se vista como os personagens da TV, tenha o corpo bonito, coma saudável, faça isso, faça aquilo... Cobram diariamente opiniões, você precisa ter uma posição para todos os assuntos atuais, política, homossexualismo, feminismo, machismo, etc, etc, etc. Ufa!!!! Realmente não é fácil! Então, o que fazer? 

Acho que a primeira coisa, é entender que isso é uma fase e que fases passam! Quando você menos esperar vai encontrar um equilíbrio em meio a tudo isso, suas experiências vão te trazer maturidade e você vai olhar pra trás e pensar: como eu fui dramático! E tudo bem ser assim, achar que o mundo vai acabar porque você rompeu com seu melhor amigo, achar que nada faz sentido porque vai ter que mudar de cidade. Sério, ta tudo bem sentir!!! Chega dessa ditadura de ser feliz o tempo todo que em vez de nos libertar, só nos aprisiona cada vez mais. Se permita viver suas emoções sem julgamentos, todos passamos por momentos de felicidade e tristeza sendo adolescentes, idosos ou em qualquer outra faixa etária. Ta feliz? Sorria, dance, pule, cante, espalhe a felicidade. Ta triste? Sente, chora, levanta e recomeça tudo de novo, a vida é isso

Saiba que não é obrigatório ter opinião sobre todas as coisas, saber tudo - porque ninguém no mundo sabe - não é feio admitir que não sabe ou que não tem certeza antes de tomar uma posição ou dar uma opinião equivocada... O futuro pertence a vocês, mas a gente entende se hoje vocês só quiserem saber qual a nova música que está em primeiro lugar nas paradas do rádio ou quiserem apenas ficar assistindo repetidamente o novo trailer de Jogos Vorazes que estréia em novembro. ;)

O mais importante de tudo é ter um porto seguro, um lugar pra voltar e se lembrar quem você é, normalmente esses portos seguros são a nossa família! Mesmo que ela não seja tradicional, que tenha pessoas que pra você são anormais, é o nosso lar, onde nosso lugar sempre vai estar disponível, onde a gente encontra apoio e suporte para ir pro mundo viver todas as nossas experiências e voltar  as vezes feridos, machucados e sermos cuidados pra voar de novo. Mesmo que sua família não te dê apoio, tenha pessoas más (porque infelizmente elas existem), ainda assim eles são um referencial, mesmo que seja daquilo que você não quer ser, pra te lembrar de ser diferente.

E por último, nunca se esquecer que o teu espaço termina quando o do outro começa. E que crises adolescentes e momentos de raiva e tristeza não são desculpas para desrespeito, preconceitos e egoísmo, ninguém tem culpa se a vida não esta como você queria (mesmo que a tendência seja sempre culpar nossos pais por isso, eles não tem culpa). Vale muito as vezes tirar os olhos do nosso umbigo, olhar em volta e enxergar as pessoas que são tão ricas em conteúdos pra compartilhar, com suas historias, suas experiências, às vezes perdemos a chance de ter respostas de tantas perguntas que temos pelo simples fato de não querer conversar com ninguém. 

Vamos tentar ouvir mais, dar espaço pros outros na nossa vida, garanto que dividindo o peso de tantas emoções, expectativas e ansiedades com alguém tudo vai ficar bem mais leve e divertido!

E você, esta passando por algum momento difícil, com duvidas, medos? Ta achando que ninguém te entende?

Entre em contato, escreve pra gente e conta sua história, quem sabe juntos não achamos uma solução! 

O que achou?
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...
Categorias:

7 comentários:

  1. Ninguém me entende até hoje! kkkkk Amei o testo, descobrir quem somos é um processo longo e duradouro.
    Tenha um dia abençoado, beijos!

    Blog Paisagem de Janela
    paisagemdejanela.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
  2. Adorei o texto. Adolescência é realmente uma fase meio conturbada, de descobertas e construção do nosso "eu".

    Beijos,
    www.destemidagarota.com

    ResponderExcluir
  3. Oi Erika, tudo bem? ótimo texto, lindo e reflexivo! o respeito entre o próximo é o essencial para começar a se encontrar ♥

    Beijos,
    Joi Cardoso
    Estante Diagonal

    ResponderExcluir
  4. Belo texto, me deu até saudade da minha adolescência, hahah

    BeijO :*
    Blog Luanna Ravanelli / Fanpage / Instagram

    ResponderExcluir
  5. Que lindo!! Amei o texto!! *--*
    Bjss

    http://www.estrelaminha.com/

    ResponderExcluir
  6. Texto incrível! Tenho certeza que ajudou muitas pessoas, inclusive a mim!

    http://www.jj-jovemjornalista.com/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Ficamos felizes que tenham gostado da colaboração da Erika no blog. Que ela volte mais vezes ♥

      Excluir

Deixe sua opinião, será muito bem vinda!

Caso tenha alguma duvida, pergunte, e volte no post que logo será respondido.

Os comentários não aparecem aqui assim que você comenta, todos os comentários são moderados, e podem demorar um pouco para aparecem na página.

ATENÇÃO BLOGUEIROS: Evite spam, não deixe mais de um link na sua postagem, ao contrário ela não será aceita. Eu retribuo COMENTÁRIOS DECENTES. :)