16 de junho de 2015

 

“E  aconteceu que, no dia seguinte, ele foi à cidade chamada Naim, e com ele iam muitos dos seus discípulos, e uma grande multidão; E, quando chegou perto da porta da cidade, eis que levavam um defunto, filho único de sua mãe, que era viúva; e com ela ia uma grande multidão da cidade. E, vendo-a, o Senhor moveu-se de íntima compaixão por ela, e disse-lhe: Não chores. E, chegando-se, tocou o esquife (e os que o levavam pararam), e disse: Jovem, a ti te digo: Levanta-te. E o que fora defunto assentou-se, e começou a falar. E entregou-o à sua mãe. E de todos se apoderou o temor, e glorificavam a Deus, dizendo: Um grande profeta se levantou entre nós, e Deus visitou o seu povo. E correu dele esta fama por toda a Judéia e por toda a terra circunvizinha.” - Lucas 7:11-17

Em um certo dia, depois de realizar grandes milagres na cidade de Cafarnaum, curando e libertando pessoas, Jesus estava indo em direção a cidade de Naim e uma grande multidão o seguia. Chegando na saída da cidade deparou-se com outra multidão que carregava consigo: dor, luto, choro: carregavam a morte... A viúva mãe daquele homem, prestes a ser sepultado... Para ela já não restava esperança. Essas multidões representam duas formas de viver: com Deus e sem Deus, podemos identificar o grupo dos desesperados, tristes, sem esperanças e o grupo dos alegres, esperançosos. Elas nos revelam dois destinos o do céu e do inferno. Retorno a perguntar por qual caminho você está indo? Qual multidão têm seguindo?

I. Podemos perceber algumas características dessa passagem, como que, uma multidão seguia a morte.

  • A multidão que seguia a morte:
Nessa multidão estavam todos melancólicos, tristes, em prantos. Ninguém sorri, ninguém agradece e nem comemora. É somente lágrimas. Parentes e vizinhos deviam estar tentando consolar a mãe (viúva), mas não há nada que a consolasse naquele momento. Ela estava indo rumo a cova enterrar seu único filho.

  • A multidão que seguia a morte era grande:
“Há caminho que parece direito ao homem, mas, o seu fim é caminho de morte. ” Provérbios 16:25

A morte é um caminho cheio de incredulidade, de frieza. Caminho de morte é o caminho do pecado. Quanto mais pecamos, mais estamos próximos a morte. “Porque o salário do pecado é a morte.” É um caminho onde há desespero, angústia, não existe paz, mas sim corações aflitos.

  • Essa multidão seguia um sonho a ser sepultado: 
Lucas 7:12: “E, quando chegou perto da porta da cidade, eis que levavam um defunto, filho único de sua mãe, que era viúva...”

Uma mulher que talvez um dia tenha sonhado em se casar, casou-se, sepultou seu marido. E quando suas esperanças, seus sonhos, suas alegrias se concentram todas naquele filho que tinha ficado, mais uma vez ela se encontra sozinha prestes a enterra-lo. Quantos sonhos nós já não enterramos também? Por parecerem impossíveis, difíceis, desacreditamos e desistimos.
Quantas vezes nós já não ajudamos outras pessoas a sepultar seus sonhos? Como aquela multidão estava fazendo com a viúva. Viramos para as pessoas e dizemos que os sonhos delas são impossíveis, que nunca serão realizados. Ao sepultar aquele filho ela estaria se sepultando com ele, a partir do momento que ele faleceu, ela também faleceu.

II. Percebemos que existe outra característica nessa passagem, já que haviam duas multidões e uma seguia a morte e, a outra, seguia a vida.

  • A multidão que seguia a vida: 
Essa multidão era totalmente o oposto da multidão que seguia a morte, eles tinham reencontrado a esperança, eles tinham achado a “luz” no fim do túnel e estavam alegres, festejando.

Está aí a grande diferença, a multidão que seguia Jesus estava alegre, em paz, porque eles sabiam que seguiam a vida. Sabiam que a partir daquele momento suas vidas iriam mudar, mudar para melhor. Pois diz a palavra de Deus: “Eu sou o caminho, a Verdade e a Vida. João 14:6

  • Essa multidão seguia o Senhor que realiza sonhos:
Sabe por que aquela multidão voltava tão feliz? Porque estavam ali pessoas que sonhavam e não desistiram. Pessoas que sonhavam em enxergar e estavam vendo, em andar e agora estavam andando. Gente que sonhava em ser feliz, que não aguentava mais sua vida angustiada, triste, vazia, e agora tinha encontrado a verdadeira alegria, e a “paz que excede todo entendimento”. Junto com a oportunidade de sonhar de novo e ver seus sonhos realizados, eles voltavam a viver.

III. O Senhor ressuscita os sonhos, e faz o milagre por etapas:

  •  Ele primeiro nos consola, dizendo para não chorar. Versículo 13 
  •  Ele nos toca com seu poder. Versículo 14
  •  Ele para os que estão indo sepultar os sonhos e nos dá uma luz. Versículo 14
  •  E então enfim ele ressuscita nossos sonhos.

IV. Uma multidão saía e a outra entrava na cidade:
  • A multidão que melhor dizendo não entrará na cidade: “Não erreis, nem os devassos, nem os idólatras, nem os adúlteros, nem os efeminados, nem os sodomitas, nem os ladrões, nem os avarentos, nem os bêbados, nem os maldizentes, nem os roubadores herdarão o Reino de Deus”. I Coríntios 6:10
“Ficarão de fora os cães e os feiticeiros, e os que se prostituem, e aos homicidas, e os idólatras, e qualquer que ama e comete a mentira.” Apocalipse 22:15

  • O encontro com Jesus: Jesus fez aquela multidão que seguia a morte juntamente com a viúva voltarem, e mudarem o rumo daquela “viagem”. 
  • A verdadeira conversão é dar meia volta: Lucas 15:17 – tornando em si. Quando há a conversão você dá meia volta, você para de ir ao caminho da morte e se vira para o caminho que te levará a vida, a vida eterna. 

Enfim concluímos que é melhor voltar e fazer parte da multidão salva pelo sangue de Cristo que entrará na cidade, do que continuarmos seguindo a multidão que nos levará para a cova. É melhor andarmos com fé e esperança, seguindo aquele que pode realizar nossos sonhos, nos dar vida eterna. Do que vivermos uma vida de angústia, de morte, de luto constante e de decepções. Jesus deu ali uma nova oportunidade aquela viúva e aquele homem e hoje está dando a você também uma nova oportunidade. Para qual caminho você está indo, o da vida ou o da morte?

Leia mais: Para Sempre
O que achou?
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...
Categorias:

8 comentários:

  1. É verdade. Muitas pessoas optam pelo caminho da tristeza e da reclamação, por achar que isso leva até um lugar. Mas não leva.

    http://www.jj-jovemjornalista.com/

    ResponderExcluir
  2. Linda e abençoada essa postagem, qdo Deus quer ele faz não importa se está morto.
    Tudo é para honra e gloria dele.

    bjokas =)

    ResponderExcluir
  3. Essa passagem nos faz refletir sobre qual caminho estamos seguindo... Amei o post!
    Ah! Gostei muito do seu blog e já estou seguindo :)
    Beijos

    Blabalizando | No Instagram

    ResponderExcluir
  4. A gente colhe aquilo que planta, não é? Então nossa vida terá muito daquilo que a gente escolher se cercar... Beijos

    ResponderExcluir
  5. Linda passagem bíblica,querida!
    O Senhor é meu pastor ,
    desta forma nunca cairei em desânimo profundo, muitas vezes sinto tristeza como vc leu no meu blog,
    mas dentro de mim mora o Rei !
    Superarei sempre as batalhas com coragem,amiga!
    http://www.elianedelacerda.com

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Linda! Tenha fé e coragem você vai passar por todas as provas!

      Excluir
  6. É reconfortante e reflexivo ler essas palavras! Sempre fico pensando no que estou fazendo e se isso é certo aos olhos do Pai. Obrigada mais uma vez por postar essas coisas incríveis! ♥

    Beijos,
    http://daniperere.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir

Deixe sua opinião, será muito bem vinda!

Caso tenha alguma duvida, pergunte, e volte no post que logo será respondido.

Os comentários não aparecem aqui assim que você comenta, todos os comentários são moderados, e podem demorar um pouco para aparecem na página.

ATENÇÃO BLOGUEIROS: Evite spam, não deixe mais de um link na sua postagem, ao contrário ela não será aceita. Eu retribuo COMENTÁRIOS DECENTES. :)