21 de maio de 2015

conto
Pintei as unhas de vermelho. Jurei que agora as coisas poderiam ser diferentes. Meus planos para esse ano ainda estão em branco. Minhas palavras se tornaram um vácuo, um grito no escuro, e meus objetivos se tornaram um fardo. Me chateei com a vida. Às vezes as músicas tocam e meus olhos se molham, no ônibus, no show da minha turma, no meio do trabalho. Muitas delas dizem tudo que não consigo dizer. Os olhos se encharcam, e há um aperto no peito, uma sensação de "não foi dessa vez".

Queria muito entender como foi, o que aconteceu comigo, para que eu fosse essa garota de óculos e cabelo desgrenhado que se tranca no quarto e escreve para o computador. Queria saber onde me perdi nesse caminho, onde perdi a graça, onde perdi aquilo que eu jurava que seria eu. Não é, não fui.

Sinto falta de quando o tempo não pesava nas costas, de quando correr não era tão cansativo, de quando chorar aliviasse. É que com o tempo se aprende, que de nada adianta chorar. Fiquei de mal com a vida. Não, ela não precisava me deixar de cama justo quando eu disse que iria trabalhar melhor, ou fazer aquela moto me atropelar quando eu disse que chegaria em casa dessa vez cheia de energia para mais. Ela tinha que me pegar, me jogar no chão, e não ter pra quem contar, não ter pra quem chorar, não ter pra quem desabar. O tombo acho que nem doeu, quando lembro que levantei sozinha.

Se perguntarem, estou bem. Como é que vou explicar que tá dolorido? Que ando com medo? Que o choque assusta, que nascem monstros... Eu apenas sigo em frente, atravesso as ruas, sinto a tontura. Derroto um monstro, dois, três. Não, não de salto alto. Não, não de maquiagem e cabelo impecável. Não, definitivamente não esperando príncipe encantado. To cansada demais pra ser superficial, cheia de não-me-toques, princesinha. 

Eu não tenho cavalo branco, monto minha vida, que é um quebra-cabeça... Dá um desconto pra eu ser eu mesma, vai...


O que achou?
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

16 comentários:

  1. Qdo perguntarem se está bem diga sempre sim.
    Vc não estará mentindo mas estará sendo sábia em trazer para existência a paz que o coração não tem no momento.
    E sabe tem tanta gente torcendo pra que a gente desmonte e fique mal, como não sabemos quem são verdadeiros e quem não são, temos que parecer bem sempre.
    Chorar a gente chora na solidão do quarto, mas qdo colocamos os pés para fora de casa, precisamos estar sempre bem.
    Para tristeza das inimigas rs...

    bjokas =)

    ResponderExcluir
  2. Todo mundo tem dias assim, na semana passada eu me senti exatamente assim, pelo menos na minha forma de ler o texto, eu vejo uma pessoa perdida, e acho que isso é especial do ser humano, as vezes a gente perde o chão mesmo :\

    Peixinhos!
    Blog: Talo de Maçã/
    FANPAGE♥

    ResponderExcluir
  3. O texto ficou ótimo!
    Você escreve super bem, adoro ler os seus textos!
    Beijos!
    www.mahmaquiagens.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
  4. Não gosto desses rótulos também. O bom mesmo é ser você mesmo.

    http://www.jj-jovemjornalista.com/

    ResponderExcluir
  5. Acho que me identifiquei um pouco. Por anos tentei ser algo que não era, tentei seguir um padrão que não me representa, tentei, tentei e tentei ser algo que não era... E tentando, só consegui ser infeliz. Mas hoje, hoje eu não ligo pra opiniões alheias, nem olhares tortos, hoje eu quero ser eu mesma. Hoje e sempre.

    Beijos, Sel | Quinta Gaveta ♥

    ResponderExcluir
  6. A vida deveria ser mais fácil, como no computador, basta a gente dar um clique e tudo muda. Lindo texto, parabéns!

    ResponderExcluir
  7. you are so fashion and like you and trust you

    http://www.chanelshandbagoutlet.com

    ResponderExcluir

Deixe sua opinião, será muito bem vinda!

Caso tenha alguma duvida, pergunte, e volte no post que logo será respondido.

Os comentários não aparecem aqui assim que você comenta, todos os comentários são moderados, e podem demorar um pouco para aparecem na página.

ATENÇÃO BLOGUEIROS: Evite spam, não deixe mais de um link na sua postagem, ao contrário ela não será aceita. Eu retribuo COMENTÁRIOS DECENTES. :)