25 de abril de 2015

shit
O ultimo ano é uma loucura, ainda mais quando se é aluno de escola pública. Você se preocupa com as greves, porque precisa aproveitar ao máximo para o vestibular, por outro percebe-se que pode faltar mais do que sua mãe deixaria... Você se preocupa muito com o ENEM, porque precisa de um bom desconto ou de um bolsa como ninguém, porque se dá conta de que não vai dar pra bancar sua faculdade... Foi assim que meu ultimo ano passou. Eu li loucamente vários livros, faltava uma vez por semana e entreguei o máximo de trabalhos atrasados. Não por relaxo, e sim por desanimo!

Constatei então que terminar a escola não passava de uma obrigação.

"Concluir o ensino médio" não foi uma luta, não foi uma vitória, foi mesmo coisa da vida. Porque depois que a gente conclui o ensino médio, a gente cai no mundão, e o mundão é diferente do mundo de conto de fadas da escola super protetora. Tenho que me virar, tenho que dar conta de tudo sozinha, preciso arranjar o que fazer e se quiser aprender é por conta própria. Não é porque vão ligar pros meus pais, não é por sermão da diretora, não é só cabular e acabou.

Eu não comi merenda todos os dias para pagar formatura. Meu pai estava desempregado, eu não tive nem coragem de pagar aquela camiseta de 50 reais, quanto mais uma formatura! Eu recebi alguns certificados que me deixaram emocionada e o ultimo dia foi uma sensação estranha de "acabou". Mas essa hora tinha que chegar, e eu aproveitei o máximo que pude, não tanto as "zoeiras", as "risadas"... Aproveitei os aprendizados e os professores, sempre dispostos a repassar tudo que entendiam e sabiam, e acho que só disso que sinto falta.

Não sou contra quem fez, quem irá fazer... Acho justo comemorar os ciclos que se encerram! Mas sinto muito, concluir o Ensino Médio em escola pública não foi motivo de comemoração. Das seis aulas do dia, às vezes aproveitávamos apenas uma ou duas, e sei que existem escolas em situações piores. Concluir o Ensino Médio com louvor foi o mínimo que eu poderia fazer, foi um ato político.

Entrar na faculdade, de graça, também foi um ato político. Trabalhar com livros, foi um ato político. Almejar a pós, almejar ser porta voz do povo, foram decisões políticas. Escrever esse texto também. O tempo não era propício a festejar. Por que? Porque eles nos dão migalhas pra gente se contentar como se fossem um grande café da manhã, mas só sair da caixa por um momento, você percebe que não é.

Portanto acho muito mais justo que nós, jovens, deixemos de lado as distrações, o "pão e o circo" para nos preocuparmos em mudar, a escola quem faz é o aluno e o conhecimento não é algo que podem nos entregar nas mãos, assim tão fácil. A gente quer um Brasil melhor? Sim! Mas também queremos zoar, também queremos "sair por cima dos outros", queremos que os vestidos da formatura sejam amarelos ou vermelhos... E claro que queremos ficar com aquela menina ou aquele garoto. Poxa vida, quando é que a turma vai perceber que sem conhecimento não há revolução e que ele é a nossa arma, nosso maior e mais forte manifesto? 
O que achou?
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...
Categorias:

10 comentários:

  1. Suzana...
    Eu me sentiria triste por saber que vc enfrentou todas essas dificuldades se esse seu texto, ao mesmo tempo em que o relata, não mostrasse, por outro lado, tamanha lucidez e atitude, que me fazem crer piamente no seu sucesso em tudo o que desejar empreender, a ponto de, aposto, um dia, que nem há de demorar muito a chegar, vc poder se lembrar de tudo isso com leveza e orgulhar-se de seu poder de superação.
    GK

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Muito obrigada Gugu! Escrevo realmente para isso, não para que as pessoas tenham pena de mim e sim acreditem no meu aprendizado a ponto de serem influenciadas. Muito obrigada!

      Excluir
  2. É triste... são muitas coisas que nos fazem desanimar. Parabéns por não ter desistido e persistido até o fim! Realmente depois do ensino médio, tudo fica por nossa conta. É a hora em que saímos da nossa zona de conforto e vamos a luta. Mas lembre-se que todo esforço não é vão!

    *Eu me sinto como você. Mas sei que no final tudo valerá a pena!!

    Beijos ♥
    www.cerejablack.com

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Sem dúvida valerá a pena Gé! :) Obrigada por comentar!

      Excluir
  3. Super te entendo Suzana. Infelizmente na vida, a gente passa por dificuldades mas se considere vitoriosa apesar de tudo.
    Big Beijos
    Lulu on the Sky

    ResponderExcluir
  4. Eu também fiz o meu ensino médio em escola pública, na verdade todo o resto também. Eu sempre quis estudar, me irritei por achar que os outros alunos me atrapalhavam e que eu tinha muitos professores ruins. Alguns me marcaram muito, o suficiente.
    Sim, eu fui a minha formatura, fui da comissão, organizei tudo direitinho e blá.
    Hoje faço licenciatura em história pela Universidade Federal do Ceará e sei o quanto não foi fácil chegar até aqui, sei que os que me acompanharam não tiveram a mesma sorte. Por que acredito sinceramente que quem faz a escola não é o aluno. O que faz a escola é o núcleo familiar, é a estrutura psicológica, o financeiro, os bons professores... Nós somos exceções. Somos os pequenos números que a meritocracia usa para defender o discurso de que todo mundo pode, mas nem todo mundo quer.
    Que bom você querer diferente. Fico muito feliz pelo seu aprendizado, pelas suas conquistas. Você tem muito à crescer! :)
    Ah, meu terceiro ano se definiu em cansaço, haha.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Obrigada Isa pela sua contribuição em meu post com sua opinião :)

      Excluir
  5. Estou, tecnicamente, passando pela mesma coisa. Quero entrar numa faculdade e ano que vem terei que me esforçar pra isso, mas sei que o que tenho e o que me dão, não poderei passar em algo tão grande, o que é uma pena :( E eu também não sou fã de comemorações por algo que nem merece ser glorificado, é triste pensar assim, mas essas são as nossas escolas hoje em dia :/

    Beijos,
    http://daniperere.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir

Deixe sua opinião, será muito bem vinda!

Caso tenha alguma duvida, pergunte, e volte no post que logo será respondido.

Os comentários não aparecem aqui assim que você comenta, todos os comentários são moderados, e podem demorar um pouco para aparecem na página.

ATENÇÃO BLOGUEIROS: Evite spam, não deixe mais de um link na sua postagem, ao contrário ela não será aceita. Eu retribuo COMENTÁRIOS DECENTES. :)