19 de abril de 2015

moça
O que eu tenho para hoje é minha falta de tempo. A coragem que me cansou. Meu riso forçado. Meu cabelo preso. Meu óculos embaçado. Minha cabeça doendo. Meu desinteresse que não tem nada a ver com você. Tenho para hoje o ônibus que perdi, a primeira roupa que vi, o rosto que nem maquiei. Tenho-me para hoje no estado mais bruto.

Tenho meus sonhos, meus desejos, meus objetivos. E eu não me apoio em ninguém. Evito decepções, evito incomodar também. Hoje não estou para ninguém. Por isso, não precisa ler o meu texto, não precisa fazer companhia, não precisa puxar conversa. Tenho um longo caminho a percorrer e nada a perder.

Hoje eu estou assim, não quero ir dormir pensando em quem machucou ou em quem fez bem, eu quero esquecer o mundo, esquecer de tudo e descansar em paz. Exausta demais para olhar para alguém, cansada de ser vista por cima, como mais uma no mundo.

Hoje sei, poucos olharam para mim. Esses poucos são os que menos me cobraram, são aquelas pessoas que sempre tem um bom dia a dizer, sempre tem um ouvido a escutar, mas de forma alguma assistem sua vida como telespectadores, se divertindo com seus erros, dando palpites sem serem chamadas. Agora te digo, é preciso muito cuidado na hora de chamar alguém de amigo. Pois aqueles que mais fecham contigo, são os primeiros a dar o pé na primeira oportunidade. Quero dizer, são os primeiros a curtir a foto do seu ex com a nova namorada, os primeiros que fazem amizade com seus inimigos e adoram julgar seus atos, coisas do tipo.

Por essas e outras eu procuro carregar meu próprio peso, meio bamba às vezes, mas aprendendo com meus erros, me protegendo dos hipócritas defensores da paz. A culpa não deve ser deles. Ignoro. E pra quem se importa, tem meu riso mais sincero, tem meu reconhecimento e também te deixo em paz, mas se precisar, pode acreditar, estou à disposição.

O que achou?
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...
Categorias:

14 comentários:

  1. Procurar-se no outro é adernar sem porto.
    GK

    ResponderExcluir
  2. "Tenho para hoje o ônibus que perdi, a primeira roupa que vi, o rosto que nem maquiei. (...) Hoje não estou para ninguém. (...) Eu quero esquecer o mundo, esquecer de tudo e descansar em paz."
    Me define.

    ResponderExcluir
  3. Para os dias mais difíceis, né? :( Foda, mas sempre sincera e maravilhosa nos seus textos ♥

    Beijos,
    http://daniperere.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  4. Ui, que tapa na cara! No meu último texto falei de relacionamentos também.

    jj-jovemjornalista.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
  5. eu hoje, ontem e alguns dias me sinto bem assim, quase uma releitura do que ja parei pra pensar várias vezes. lindo texto.


    Abraços, Edwin.
    www.oquefaltou.com|Facebook|Twitter|Instagram

    ResponderExcluir
  6. "Hoje eu estou assim, não quero ir dormir pensando em quem machucou ou em quem fez bem, eu quero esquecer o mundo, esquecer de tudo e descansar em paz." Esse trechooooooooo!!!!!!!!!! Adorei!!!

    Até mais!
    Math // de-livro-em-livro.blogspot.com

    ResponderExcluir

Deixe sua opinião, será muito bem vinda!

Caso tenha alguma duvida, pergunte, e volte no post que logo será respondido.

Os comentários não aparecem aqui assim que você comenta, todos os comentários são moderados, e podem demorar um pouco para aparecem na página.

ATENÇÃO BLOGUEIROS: Evite spam, não deixe mais de um link na sua postagem, ao contrário ela não será aceita. Eu retribuo COMENTÁRIOS DECENTES. :)