1 de fevereiro de 2015

Na primeira fase da fuvest eu me senti muito sozinha ao avistar o tanto de estudantes com suas camisetas de cursinhos pré-vestibulares (caros, por sinal), mas eu fui pensando que o "não" eu já meio que tinha como certo e não precisava colocar tanta expectativa naquilo. 

Na parte de literatura e linguista eu fui até bem e gostei de fazer, quando cheguei em química e física eu fui muito mal e até já esperava por isso, e sinceramente não tenho a minima vontade de mudar isso (por mais que ache importante mudar), nessas horas até sinto saudade da escola e de como até valia ser obrigada a aprender certas coisas que por vontade própria não consigo.

E daí eu terminei a prova e fui embora, sozinha, no busão vazio pleno domingo. Cara, eu odeio provas, odeio concursos, odeio ter que provar para pessoas que nem me conhecem qual é o meu potencial. Sinceramente não é um gabarito que comprova o quanto sou inteligente, e um juri não tem direito de levantar placas com números dando notas de acordo com seu conhecimento misturado com uma coisa chamada "gosto e opinião pessoal". Isso não comprova meu valor. Eu fui embora com aquele cansaço que dá fazer prova e com a consciência pesada, dizendo "seu lugar não é aqui".

Pra minha surpresa eu passei na primeira fase. Aquilo pareceu uma espécia de prêmio de consolação ou algum tipo de presente dos céus me dizendo "você é capaz". Pois tinha gente que merecia muito mais que eu lá, só que meu nome estava na lista e eu fui convocada para a segunda fase.

Mas eu não fui.

Eu não fui porque minha consciência gritou "aqui não é seu lugar" não para um ônibus, mas sim para a faculdade pública. Eu sei muito bem que muitas pessoas não concordam comigo, mas pra mim faculdade não é tudo na vida e não, desculpe, eu não quero passar os próximos 5 anos da minha vida vivendo só de estudos. Infelizmente, eu ainda tenho que trabalhar, eu ainda tenho sonhos e planos pessoais, ainda tenho que ajudar na casa, e não é um curso de letras na usp que vai mudar essa realidade.

Existem pessoas ricas que nunca puseram um pé na escola, e pessoas pobres com canudos na mão e excelente currículo. Eu não desprezo o aprendizado, eu desprezo isso que separa as pessoas de "inteligentes e burras", que coloca tanto analfabeto na faculdade e no cursinho de inglês e que coloca tanta gente rica na faculdade pública. E novamente, não é um diploma que vai determinar o que eu sou capaz... Por isso hoje eu quero depositar minha fé em meus sonhos e parar de dar ouvidos a quem acha que a única coisa que posso fazer é um cursinho e trabalhar em uma "empresa grande" o resto da vida.

O que faz o Brasil um pais de pessoas burras não é o quanto desvalorizam os estudos, e sim o fato de estudarem só para "ganhar dinheiro", "vencer na vida" e nada além disso, não estão preocupados com o conhecimento que terão, estudam para vestibulares e depois esquecem tudo depois, ou seja não valorizam o conhecimento, só valorizam o certificado na parede, como serão chamados, como serão vistos... 

E para você que passou em qualquer vestibular: parabéns. Espero que valorize seu conhecimento. ♥

O que achou?
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...
Categorias:

43 comentários:

  1. As gurias daqui que fizeram falaram que estava beeem difícil!!
    beijinhos, Bru
    Mania de Bruna
    @ManiaDeBruna

    ResponderExcluir
  2. O que importa é que tenhas escolhido o que te faz mais feliz!
    beijinhos
    http://direitoporlinhastortas-id.blogspot.pt/

    ResponderExcluir
  3. Concordo plenamente com vc!
    Não é uma prova que vai definir minha inteligência e dedicação.
    E o que me dá raiva é que tem as formas ilegais que sempre passa, se vc tem dinheiro..compra uma vaga

    ResponderExcluir
  4. O que aponta o coração é sempre o melhor caminho.
    GK

    ResponderExcluir
  5. Essas provas são punks

    Dá uma passadinha no meu blog, tá rolando um mega sorteio:
    http://goo.gl/Q2yAoL

    Beijos!

    ResponderExcluir
  6. Adorei o texto, Suzana!
    Quando prestei vestibular, fiquei doente de tanta ansiedade, mas passou e hoje, formada em Letras por uma faculdade particular de minha cidade, vejo que sim, o estudo não e tudo na vida de alguém, e sua faculdade não precisa ser A USP para vc ser feliz. Tento passar isso para meus alunos.
    Beijos!
    Raquel
    http://textosraquel.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  7. Suzana torço por você boa sorte nos estudos beijos.

    ResponderExcluir
  8. Amiga ótimo texto mais isso é coisa da sociedade, o importante de tudo
    isso é que você é cpaz de tudo sucesso DEUS te abençoe.
    tenha uma semana abençoada.
    Vídeo Novo: https://www.youtube.com/user/NekitaReis/channel

    ResponderExcluir
  9. Adorei, esse é um momento muito importante na vida!

    Bjxxx

    ResponderExcluir
  10. Parabéns!!
    Eu já prestei muitos concursos passei e não fui... tb achei que não era o meu lugar e que haviam pessoas precisando mais. Mas o melhor é que a gente é avaliada e sabe que é capaz de ir muito mais longe.

    bjokas =)

    ResponderExcluir
  11. Pois é...
    acho tão engraçado...
    nesse país nós concluímos o segundo grau e temos que prestar vestibular (difícil pacas!) para ter um "futuro".
    Enquanto isso, o saudoso ex-presidente da república mal tinha o 2º grau né ?
    Ai Ai Ai
    vai entender... rs

    Beeijo meu*
    E espero sua visita no MEU blog, viu ?
    www.cosmacticos.com | Facebook | Instagram

    ResponderExcluir
  12. Concordo com você...não é uma prova que irá provar se você é boa ou não.
    Escolha o que te faz feliz....Sempre!
    Beijo!
    blogdadanielle.com

    ResponderExcluir
  13. Hoje em dia, existem outras opções além de faculdade, e acho que é muita coisa em torno de algo que devia ser feito por gosto e não por obrigação que é estudar. Tenha uma semana abençoada, beijos!

    Blog Paisagem de Janela
    http://paisagemdejanela.blogspot.com

    ResponderExcluir
  14. Se você está bem com a sua escolha porque ouvir os outros? Eu não dou a mínima, tentei faculdade pública e federal por 2 anos (fiquei aguardando vaga) e quando fiz as duas provas não consegui me ver estudando naquele lugar, acabei fazendo uma particular e me formei em letras super alegre, mas hoje ainda não tenho meu emprego estou em busca, acho que a gente tem que procurar aquilo que nos faz feliz.

    ResponderExcluir
  15. Texto ótimo Su <3
    Eu ainda não estou na fase de prestar vestibulares, mas já fiz um Vestibulinho e enfim, passei haha. Esse ano que vai entrar eu vou prestar o Enem, ir só como teste, tenho vontade de fazer a prova do Fuvest,mas acho tão difícil que eu consiga alguma bolsa, mas vou com fé haha.
    Você está certa, na vida nem tudo é ter uma faculdade e um puta emprego, há também as realizações pessoais que conseguiremos fazendo o que gostamos, não que iremos precisar de faculdade.
    Beijos,
    versos-de-inverno.blogspot.com

    ResponderExcluir
  16. Olá, Suzana!
    Nossa.. quando prestei FUVEST anos atrás, fiquei tão tensa que não conseguia fazer a prova direito. Desmarquei várias respostas certas e no final acabei não indo para segunda fase.
    Big Beijos
    Lulu on the Sky

    ResponderExcluir
  17. É... realmente não concordo com vc! Faculdade não é tudo... mas vc conseguirá realizar seus sonhos tendo uma profissão!

    Bjs – Su
    www.rosachiclets.com.br

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. É uma pena que não concorde comigo. Mas não adianta nada ter uma profissão se não tiver inteligência, nos dias de hoje a gente pode qualquer coisa quando se tem criatividade e inteligência.

      Excluir
  18. O importante é estares feliz com a escolha ;)



    tarasemanias.pt

    ResponderExcluir
  19. Gostei muito do texto. Te desejo sucesso em qualquer que seja a escolha que você fizer para seu futuro ;)
    Bjs!!

    http://www.estrelaminha.com/

    ResponderExcluir
  20. Eu acho que faculdade vale a pena pelo fato de tu aprimorar aquilo que gosta, mas concordo com o fato de que uma raça ai só quer pra ter diploma, eu nem vou começar faculdade esse ano, pq sei lá pra mim não é prioridade agora, não quero fazer algo por dizer que "ai eu ja estou na faculdade", não, quando fizer quero ter certeza que to fazendo algo que eu realmente goste

    simplesmenteassimj.blogspot.com

    ResponderExcluir
  21. Oi Suzana!
    Eu concordo com você. Sou totalmente inimiga de vestibulares, mas infelizmente vou ter que fazer. E pior que um dos meus sonhos é fazer USP, então pra mim é algo importante. Mas se eu não conseguir, vou tentar e tentar de novo. Ok, USP tem suas vantagens. É uma facul de nome, rende empregos mais fáceis e com melhor pagamento, mas pra mim o mais importante mesmo é que eu vou aprender muita coisa na profissão que eu quero (jornalismo). Depois o resto vai ser na vida mesmo, e em qualquer outro curso que eu encontre pra me especializar.
    Beijinhos, e boa sorte. Seja lá o que você escolha, espero que dê certo pra você e te faça feliz.
    www.expressodenarnia.com

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Também temos algo em comum, apesar de tudo: Quero jornalismo! rs Mas quero jornalismo de uma forma um pouco diferente...

      Excluir
  22. Essa fase de vestibular, provas etc é muito estressante mesmo. Fora que essa é uma época que (quase) ninguém sabe ao certo o que realmente quer fazer... Você foi corajosa na sua decisão Suzana, acho que a gente deve agir sempre com o nosso coração (e acho que foi isso que você fez)!

    ResponderExcluir
  23. Acho que fizeste muito bem ! Nunca devemos fazer algo que não nos deixa confortável só porque a sociedade acha que a uma determinada idade temos obrigatoriamente que fazer o que todos os outros fazem !

    beijinhos*
    Branca de Neve e os Sete Batons

    Página do Facebook do Blog

    ResponderExcluir
  24. Nossa, eu não passei na segunda fase quando fiz (vamos fingir que to novinha ainda haha), mas meu curso era jornalismo. Hoje olhando para trás vejo que foi uma coisa boa isso ter acontecido, hoje estou numa paga (Oi,Puc?) com 100% de bolsa pelo pro uni e sou feliz. E vendo e comparando sei que jorna na puc não é tudo isso, infelizmente.
    Achei legal sua coragem de não ir e lutar pelo o quê você deseja.

    www.vestindoideias.com

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. UAAL! Eu acho que encararia puc 100% haha Mas esse ano não tive nem coragem de tentar, minha nota de corte foi meio baixa.

      Excluir
  25. Essas provas são super difíceis né?
    Beijos
    janamakesesmaltesecia.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
  26. Eu entendo bem isso, nem todo mundo tem faculdade como prioridade, cada um tem seus planos e sabe da sua vida e de suas responsabilidades. Espero que você tenha uma vida cheia de projetos e que apesar das dificuldades você consiga realiza-los :D

    ResponderExcluir
  27. Cada um tem que correr atrás do que quer. Se essa não é a sua praia agora (ou nunca será), não vale a pena mesmo. Parabéns pela decisão.

    Beijos.

    Jéssica
    Fashion Jacket - www.fashionjacket.com.br

    ResponderExcluir
  28. Ótimo texto.
    Pena que você não foi até o fim, mas as vezes é melhor seguir o coração.

    http://elisandra-drehmer.blogspot.com.br/
    Beijos,
    Elisandra

    ResponderExcluir
  29. Gostei do texto, eu fiz facul mas foi particular, e foi o que eu queria fazer, então acho que no final isso que importa, passando na pública ou não, você tem que fazer o que te faz feliz e o que cabe na sua vida, como você mesma disse, pra quem trabalha a USP atrapalharia um pouco, você tem outras responsabilidades, então a facul certa na hora certa vai aparecer, isso se ela aparecer, de fato, não é um canudo que vai dizer o quanto de conhecimento você possui, mas eu prezo e valorizo os meus 4 anos de facul porque aprendi uma coisa que levo comigo até hoje: o estudo só é valido quando te faz crescer culturalmente e conscientemente, quando você tem a consciência de que mudou e adquiriu mais conhecimento com o passar de determinada experiência, o estudo não serve para provar ao próximo se você é burro ou inteligente (como você mesma disse) serve pra você, te alimenta interiormente. Então, seja lá onde for que você estude futuramente, toda boa sorte do mundo e bom conhecimento! Pra você, e não para o mundo ;) Beijokas!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Suas palavras são de muito valor Natz! Obrigada por tê-las compartilhado aqui.

      Excluir
  30. Putz, passei por vestibular já faz 5 anos, más lembranças... =/
    Bom post, bem reflexivo :)
    ;**

    Red Behavior

    ResponderExcluir
  31. Também concordo com você. Existe muito disso de 'ai, tenho um diploma em faculdade x' mas nunca valorizou o que aprendeu lá. Não é uma pessoa boa, não é um trabalhador bom... não é nada de bom. Também acredito que, se você não se sente capaz de ser realizado como pessoa dentro de uma faculdade, você não deve nem dar as caras por lá. Enfim, tens todo o meu apoio (mesmo isso não sendo muito) :D

    Beijos,
    http://totalmenteanta.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Obrigada a todos pelo apoio. Significa muito para mim.

      Excluir
  32. Oi, Suzana! Acho muito legal ver pessoas que pensam do mesmo modo que eu. Eu também não acho que tenhamos que ser obrigadas a ir para a faculdade ou para uma faculdade pública. Acho que devemos ter consciência do que nos faz bem e fazer o que realmente queremos fazer. No meu caso, sempre sonhei em ser cientista e sempre gostei muito de estudar. Eu optaria por uma universidade pública já para o ano que vem porque esse é o meu desejo e não porque eu TENHO que fazer isso. Torço, de verdade, para que você alcance seus objetivos não importa se está numa pública, particular ou se não se não está na faculdade. Há inúmeros modos de se sentir realizado nessa vida e não somente entrando na facul ;)
    Adorei o post! Obrigada por me mandar o link dele ♥
    Obrigada pelo comentário no blog!
    Beijos,
    Nalu
    www.coisasafins.com

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Seu comentário realmente resume muito o sentimento desse texto! Muito obrigada pela força!

      Excluir

Deixe sua opinião, será muito bem vinda!

Caso tenha alguma duvida, pergunte, e volte no post que logo será respondido.

Os comentários não aparecem aqui assim que você comenta, todos os comentários são moderados, e podem demorar um pouco para aparecem na página.

ATENÇÃO BLOGUEIROS: Evite spam, não deixe mais de um link na sua postagem, ao contrário ela não será aceita. Eu retribuo COMENTÁRIOS DECENTES. :)