23 de fevereiro de 2015

Leituras marcantes em momentos marcantes


O ano de 2014 [editado] foi um dos melhores em quesito de livros lidos. Eu tinha tempo, tinha vontade de sobra e tava com a mente aberta. Parece que não teve livro ruim em 2014, dos 40 que eu li. Dificil eleger o mês mais produtivo, mas se fosse pra escolher, Outubro sem dúvida estaria entre eles. Consegui ler 5 livros naquele mês e nem deu tempo de mostrar pra vocês. Por isso decidi escrever esse post, porque não podia passar batido esses cinco livros maravilhosos e as situações que me levaram a ler eles na hora certa:

Certo dia que eu fui devolver uns livros na biblioteca da cidade, já estava lá pesquisando qual outro livro desejado poderia pegar. Mas com uma preguiça sem tamanho de mexer naquele sistema lento e confuso, fui dar uma olhada nas prateleiras. Me deparei com uma fileira de livros do Jostein Gaarder, mesmo autor de um dos meus livros favoritos: O Mundo de Sofia. Acabei pegando por impulso:

1. Através do Espelho: Conta a história de Cecília, uma garotinha que passa o dia todo em seu quarto, devido a uma doença em estado avançado. Ela passa a ser visitada por um anjo, que junto a ela vai mostrar o que há "do outro lado do espelho", uma reflexão sobre a vida, sobre a morte, sobre os anjos e até mesmo Deus, através do olhar de uma inocente e curiosa menina.

2. O Dia do Curinga: "O dia do Curinga é a história de muitas viagens fantásticas que se entrelaçam numa viagem única e ainda mais fantástica e que só pode ser feita por um grande aventureiro." É quase impossível descrever a aventura filosófica que somos apresentados no decorrer das quase 400 páginas desse livro. A ficção norueguesa começa com um pai solteiro e seu filho que fazem uma longa viagem de carro atrás da mãe que fugiu para a Grécia buscando "se encontrar". No decorrer da história o garoto ganha um mini livro, e começa a lê-lo escondido, e a história do mini livro se entrelaça com a vida real e aí fica impossível não ficar cada vez mais intrigado pra saber no que vai dar. A personagem principal desse livro inspirou Jostein a escrever seu mais famoso romance, "O Mundo de Sofia".

Depois dessas duas leituras maravilhosas e que fizeram Jostein se tornar um de meus autores favoritos, meu professor me apresentou uma amiga que gostava de poesia tanto quanto eu, para fazermos juntas um projeto, de cara já a adorei, pois ela confiou em mim para emprestar um dos livros que mais desejava ler:

3. Toda Poesia: Eu nem preciso comentar muito sobre Paulo Leminski. É o segundo livro dele que eu leio, de uma infinidade de livros que acho que nunca conseguirei ler todos, mas que deveriam sim ser muito mais reconhecidos, pois ele é um autor único, e a experiência de lê-lo é descontraída, leve e ao mesmo tempo profunda e filosófica.

Eu devolvi o livro em perfeito estado e até hoje somos amigas! E depois, entre uma das passadinhas na biblioteca da escola que eu fazia com muita frequência reconheci um livro "não sei de onde" e resolvi pegar para ler. Depois que li me lembrei, era um dos livros que a colaboradora Lizandra indicou aqui no blog.

4. A Vida que Ninguém vê: Reúne crônicas da jornalista Eliane Brum, inspiradas no cotidiano de pessoas comuns. A beleza do livro está no senso crítico e extrema sensibilidade que Eliane demonstra em cada linha escrita, com uma responsabilidade incrível em descrever sentimentos e fatos, que não virariam notícias, se não fosse pelo talento de Eliane Brum. Esse foi um dos livros que mais me inspirou em 2014.

Logo no finzinho do mês de Outubro eu comecei a trabalhar e descobri o wattpad. Só pra testar, e também pra ler em todos os tempos livres, comecei lendo por lá 5. "O lado bom da vida".


Como já contei um pouco sobre o filme aqui, não vou acrescentar muitas coisas pois espero em breve resenha-lo com carinho. Eu até gostei do wattpad, mas confesso que acho os livros fisicos mais emocionantes (apesar de muito menos práticos), mas enquanto eu não tiver um óculos, sem chances de ficar só no wattpad. Demorei bastante pra ler o livro, o autor enfatizou muito algumas partes que quem sabe não precisasse tanto (como o amor do pai pelos jogos e a descrição de todos os jogos e etc), mas por outro lado esse livro me ajudou a superar um momento que não estava me fazendo bem, como vocês já devem saber o que houve nesse mês

Ufa! Agora vocês podem entender porque eu não podia deixar de contar um pouquinho sobre Outubro, que foi marcado por leituras do acaso mas que fizeram toda diferença.

"As vezes você lê um livro, as vezes ele lê você." - Anne Frank
O que achou?
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

12 comentários:

  1. Nada melhor do que por a leitura em dia. Adoro o lado bom da vida, é perfeito :)

    http://ummarderecordacoes.blogs.sapo.pt/

    ResponderExcluir
  2. Gostei dos livros, quero muito ler O Lado bom da Vida.
    Beijos
    Jana Makes Esmaltes e Cia

    ResponderExcluir
  3. Fiquei curiosa pra ler o "Através do espelho"

    Beijos

    www.doidaporesmaltes.com

    ResponderExcluir
  4. Também quer ler/assistir O lado bom da vida. Vi o trailer do filme e achei fofo! O livro deve ser melhor ainda!
    Beijo

    ResponderExcluir
  5. Ah, como eu amo O Lado Bom da Vida. Saudades de pegar livro da biblioteca, as vezes fico com vontade, mas lembro que tem alguns na prateleira me esperando, hahaha. ♥

    Beijos,
    http://totalmenteanta.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Eu sempre deixo os da prateleira pra depois, coitados! kkkkk

      Excluir
  6. Parecem ser muito bons os dois ultimos eu já ouvi falar!
    Beijoos
    http://on-ee-off.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  7. Eu amooooooooo através do espelho e o lado bom da vida, eu tinha através do espelho quando fiz uns 10 anos de idade, foi uma indicação de leitura da escola onde eu estudava, e até hoje me lembro de cada detalhe, um livro lindo, inesquecivel e emocionante. O lado bom da vida eu lembro que quando estreeou o filme no cinema eu fui ver, depois li o livro, amei demais! Beijokas ;)

    ResponderExcluir
  8. Que legal!!! Foi um ano tão bacana para vc que é como se continuasse até hoje, já que, não sei se percebeu, escreveu 2015 ao invés de 2014...! Em psicologia, isso se chama "ato falho"! Muito bom!
    GK

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. hahaha é verdade! 2014 foi realmente um ano incrível, não posso negar.

      Excluir
  9. Frase linda essa da Anne Frank.. <3
    De todos os livros que você leu.. eu só li O Lado Bom Da Vida... e adorei ler ele!
    No começo é meio confuso... mas depois fica legal a leitura.
    Esse livro me ensinou a sempre olhar o lado bom de alguma coisa e claro, o amor, a dedicação e a perseverança faz a gente vencer na vida e superar dificuldades. ^_^
    Beijos. ♥

    Diário da Lady

    ResponderExcluir

Deixe sua opinião, será muito bem vinda!

Caso tenha alguma duvida, pergunte, e volte no post que logo será respondido.

Os comentários não aparecem aqui assim que você comenta, todos os comentários são moderados, e podem demorar um pouco para aparecem na página.

ATENÇÃO BLOGUEIROS: Evite spam, não deixe mais de um link na sua postagem, ao contrário ela não será aceita. Eu retribuo COMENTÁRIOS DECENTES. :)