25 de novembro de 2014


Existem momentos que as palavras me somem. E por isso eu tive que falar a alguém que escute e que nada pode me fazer, além de receitar alguns clichês que eu já sabia mas não estava afim de escrever. Meus textos não estão bons, eu não sei mais escrever com o coração, se é que ainda tenho um. Quero monetizar minha escrita, ser sistemática, ter um enredo. Eu não quero mais debruçar meu corpo sobre as palavras e seu poder sobre mim.

Eu estou em um momento que não tenho palavras. Insisto em dizer porque sem isso eu não seria eu. Esse é um relato triste. É uma depressão para um escritor: ser abandonado pelo próprio sustento. Continuo no meu exercício da escrita, pois às vezes parece que não me incomodo com o abandono. Sozinha continuo sendo eu e preciso suportar minha solidão. Sem público, criticas ou aplausos.

Eu queria libertar o que tenho aqui dentro mas é muito mais difícil do que imaginei. Primeiro, se passa por um longo tempo de conflito interno, e depois uma explosão quase insuportável, textos e mais textos gritando, te atormentando. No final a gente esfria e só consegue escrever clichês. Eu já passei por isso uma vez e, para sair desse inútil final, estou passando novamente, aguardo com ansiedade o êxtase da segunda fase, por mais doloroso que eu sei que é.

Preciso sentir profundo, preciso sair da zona comum. Por isso busco ser só. Pois as pessoas são comuns, não por nascerem assim, mas por se fazerem assim, preguiçosas, ocupadas, medrosas. Já eu, por mais que saiba o quanto é difícil aceitar-se plenamente, já não consigo ficar calada, rir de qualquer piada, seguir um padrão. Me causa ócio.

E estou impossibilitada de terminar esse texto.

O que achou?
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...
Categorias:

4 comentários:

  1. No escrever há farto um quê de parto.
    GK

    ResponderExcluir
  2. espero que essa fase te passe e você consiga se encontrar plenamente...
    por muitas vezes isso também me acontece

    beijo

    ResponderExcluir
  3. Suzana...
    Desculpe-me por comentar pela segunda vez no mesmo post, mas é apenas para te desejar um feliz natal e um 2015 cheio de alegrias e realizações!
    Obrigadíssimo mais uma vez por tua assídua presença em meu blog!
    GK

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Muito obrigada!! Desejo em dobro pra você =D

      Excluir

Deixe sua opinião, será muito bem vinda!

Caso tenha alguma duvida, pergunte, e volte no post que logo será respondido.

Os comentários não aparecem aqui assim que você comenta, todos os comentários são moderados, e podem demorar um pouco para aparecem na página.

ATENÇÃO BLOGUEIROS: Evite spam, não deixe mais de um link na sua postagem, ao contrário ela não será aceita. Eu retribuo COMENTÁRIOS DECENTES. :)