10 de outubro de 2014


Sempre que procuro por fotos no weheartit percebo que as fotos "que retratam o que vemos" definem as fotos mais "amadas" pelos público que visita o site, que sem dúvida são jovens como eu e você. Fico pensando como nossa vida e nosso século foi resumido em fotos, o tempo inteiro, novas fotos, bonitas ou feias são postadas e compartilhadas aos montes. E a essência dessas fotos, a vontade é sempre chegar ao mesmo resultado: algo agradável aos olhos. A arte pintada e escrita também é fotografada e compartilhada, e os textos são, diretos, fáceis de ler e entender, e as pinturas às vezes não tem significado e outras vezes tem significados explícitos. Fico me perguntando, será que nos tornamos vazios?

Até que ponto isso é bom?

"A arte não reproduz o que vemos. Ela nos faz ver" - Paul Klee

Depois de ler os livros "A Máquina do Tempo" e "Fahrenheit 451" comecei a notar com mais precisão que quando vejo sites de fotos ou até leio um texto, percebo que o "minimalismo" impera no estilo. Será que o que mais temos de precioso em nossas mãos, a capacidade de criar algo novo e espetacular está se perdendo? Parece que estamos preguiçosos demais para criar algo além do esperado, não queremos detalhes, nem exageros destes, isso é ser simples, ou é ser vazio? Talvez a verdade é que somos uma geração de pseudos artista-fotógrafos-intelectuais que enchem páginas de blogs e tumblrs e todas as redes sociais de coisas inspiradoras que ninguém se lembra depois que "curtiu".

Gosto de ler porque guardo comigo cada lição de cada história e às vezes sequer me esqueço de livros que li há anos. Mas quando eu leio, - compartilho copio e colo - eu acordo amanhã e já não sei o que fiz hoje. E assim preciso me levantar e voltar a acompanhar, curtir e compartilhar como se estivesse ligada ao automático, assim como quando almoço e janto e já não me lembro o que comi.

Não sei até que ponto vamos chegar com isso, não tenho informações suficientes para te dizer se isso é normal, apenas deixo minha reflexão, pois estou inserida nesse mundo como todos estão, tenho um blog e minha lixeira está sempre cheia de fotos e textos que não ficaram bons ou que eu já compartilhei e exclui pra não tomar espaço. Porém estou com medo de um dia parar de pensar também...

"Temos a arte para não morrer da verdade." - Friedrich Nietzsche

Definitivamente eu não quero morrer.

O que achou?
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...
Categorias:

19 comentários:

  1. Lindo texto. Tenho de ler esses livros...
    beijinhos
    http://direitoporlinhastortas-id.blogspot.pt/

    ResponderExcluir
  2. oi Su

    Percebo que as pessoas só querem saber de redes sociais, e postar fotos de tudo que fazem. Isso só para mostrar para os outros.
    Ai pergunto, será que estamos vivendo para nós ou para os outros?
    Qual a necessidade de mostrarmos tudo que fazemos?
    Perguntas para a gente parar e refletir.

    bjokas =)

    ResponderExcluir
  3. Nossa, seu post foi um "tapa na cara" ahuahauha
    Concordo... a geração nova é isso mesmo...todo mundo acha que sabe de tudo, a internet é tão boa, mas acabou deixando as pessoas pobres de espírito... mesmo com TANTA coisa boa que temos nela!
    Por favor, que a gnt se salve desse mal!! Temos que saber lidar com isso... e não parar de pensar...!!

    Bjinhos
    JuJu
    http://asbesteirasquemecontam.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  4. Infelizmente, muitas pessoas também só se interessam pelas curtidas. Em meu Instagram pessoal, posto bastante fotos com meu olhar sobre algo, mas sei que a maioria das pessoas que curtem, nem se lembram dela depois. Tudo tem se tornado tão automático que vem perdendo o sentido mesmo. Tenha um final de semana abençoado, beijos!

    Blog Paisagem de Janela
    paisagemdejanela.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
  5. ótima reflexão :D
    bjokas http://diadebrilho.com

    ResponderExcluir
  6. Também concordo com você ainda mais disso, que vemos lindas inspirações, curtimos e depois nem lembramos.. Por isso sempre tento salvar nos favoritos aquilo que mais amo.
    Beijos!

    http://www.pamlepletier.com/

    ResponderExcluir
  7. Pra mim a arte, que inclui fotografia e literatura em geral, são uma forma de contar a história. Elas nos preservam vivos em espírito, mesmo quando morremos.
    Essa é a única forma de ser imortal.
    Beijos, Ana do dia

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Concordo com você! Mas como diferenciar arte de meros cliques ou rabiscos comerciais e/ou vazios?

      Excluir
  8. concordo com seu ponto de vista :)
    brunaferreirait.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
  9. Oi Suzana!
    Eu mesma sou esquecida mais procuro ter o contato daquilo que mais gosto por ex.favoritar os que mais me interessa ou goste de ver!
    Nos tempos atuais as pessoas só se importam com likes e mais likes nas fotos que postam por ai não querem nem saber se o conteúdo vale a pena!
    Beijos ♥
    http://detudoumpoucosil.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Eu também procuro favoritar mas nem tudo consigo guardar.
      O que vemos é que as pessoas nem questionam, só curte e compartilham sem nem refletir um pouquinho.

      Excluir
  10. Adorei,concordo com você plenamente.. :D
    http://docemell2014.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  11. É assustador pensar em tudo o que vimos e na hora foi tão bom, mas no minuto seguinte nem nos lembramos mais. E é mais assustador ainda quando textos, fotos, e até mesmo pessoas são tratadas assim. É um pavor pra mim, haha. Adorei o texto! <3
    http://totalmenteanta.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  12. A fotografia é a maior vitória humana sobre o tempo.
    GK

    ResponderExcluir

Deixe sua opinião, será muito bem vinda!

Caso tenha alguma duvida, pergunte, e volte no post que logo será respondido.

Os comentários não aparecem aqui assim que você comenta, todos os comentários são moderados, e podem demorar um pouco para aparecem na página.

ATENÇÃO BLOGUEIROS: Evite spam, não deixe mais de um link na sua postagem, ao contrário ela não será aceita. Eu retribuo COMENTÁRIOS DECENTES. :)