28 de junho de 2014

"Tenho coisas tão gritantes a dizer que elas me calam" - Pó de Lua


praia

O Silêncio Das Estrelas by Lenine on Grooveshark

Eu queria falar, mas as coisas que quero dizer são grandes demais, sou incapaz de expelir pela minha própria voz, porque eu falo baixinho demais. Ainda sou a mesma garota que prefere engolir a seco o próprio silêncio. Quando eu quero muito olhar em voltar e conversar com rostos amigos, enlouqueço. Recorro a mim mesma. E me afogo na minha própria solidão.

Não sei se ao fazer isso coloco rédeas ou liberto minha mente. Mas eu quero ficar sozinha. Quero o silêncio. Não raro estive a ponto de enlouquecer e superei sozinha. Falar, às vezes, resolve. Mas estou perdida demais e tenho medo. Preciso confiar mais em mim mesma. Ouvir minha própria mente e repreende-la, se eu apenas ocupa-la estarei fugindo dos meus próprios pesadelos, preciso enfrenta-los, combate-los, para que eles não tomem conta de mim.

Cansei de pessoas rasas que não compreendem meus devaneios, eu não quero sorrir, não sou obrigada a sorrir quando o que mais quero é chorar e me odiar. Quantas vezes já passei por isso? Perdi a conta... Essa é a minha vida não-perfeita. Não diga que tudo vai melhorar, pois já tenho convicção disso e não preciso que ninguém me lembre, se eu mesma não me convencer disso nunca ninguém irá me convencer.

Há tantas coisas que preciso me convencer... Já não consigo organizar esse emaranhado de crenças sobre como me portar e viver. Quero ser capaz de me reinventar, sabendo bem que boas limpezas partem de dentro para fora. Eu preciso organizar minhas ideias.

E isso eu faço sozinha. É. Novamente estou sozinha. Me estremece só de pensar.

O que achou?
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...
Categorias:

11 comentários:

  1. Triste mas inequivocamente, o que mais precisamos dizer é em regra o que menos temos como.
    GK

    ResponderExcluir
  2. __Há tantas coisas que preciso me convencer...Eu tb, preciso convencer-me de muiiiitas coisas, mas coração e alma de poeta, parecem gostar de continuar na mesma estrada, acho q é para melhor poetizar, pra vc beijinhos e beijinhosssssssss...

    ResponderExcluir
  3. Eu amei o texto, super lindo!
    Beijos
    http://isabellalmeida.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  4. Isso tudo me estremece também. É aquele misto de coisas que te arrebatam por dentro né? Tudo tão louco e incerto... E como foi dito, a gente sabe que vai dar tudo certo mas nessas horas isso é o que menos você precisa ouvir!

    tofalandoisa.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
  5. Suzana as vezes se sentir assim é bom para nós mesmos, adorei seu texto, lindo, beijinhoos

    ResponderExcluir
  6. Adorei o texto, me identifiquei com varias partes dele sabe? Ando tentando falar muitos coisas e acabo não falando nada.. etc.
    XOXO
    onthislastday.blogspot.com

    ResponderExcluir
  7. Suzana, suas palavras são maravilhosas e eu realmente não me canso de falar isso! Tem coisas que só a gente pode fazer pela gente mesmo, tem momentos que realmente temos que passarmos sozinhas. O negócio é aceitar, erguer a cabeça e continuar vivendo!
    http://totalmenteanta.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  8. E quando a gnt quer se encontrar, a gente para e olha pra dentro ^^

    ResponderExcluir
  9. Nossa, tão tão profundo que nem sei o que dizer... Eu estou vivendo o contrário quero colo, haha, de apenas um alguém...
    Beijinhos ♥
    http://www.momentosassim.com/

    ResponderExcluir

Deixe sua opinião, será muito bem vinda!

Caso tenha alguma duvida, pergunte, e volte no post que logo será respondido.

Os comentários não aparecem aqui assim que você comenta, todos os comentários são moderados, e podem demorar um pouco para aparecem na página.

ATENÇÃO BLOGUEIROS: Evite spam, não deixe mais de um link na sua postagem, ao contrário ela não será aceita. Eu retribuo COMENTÁRIOS DECENTES. :)