11 de junho de 2014

jhully inácio


Desapegar é tirar o agasalho numa noite de Julho, Sabrina. A pele dói. Dá calafrios. E o corpo inteiro congela.

O coração pede carinho, colo e cafuné. Um afago pra esquentar o frio, pra descongelar a alma. Pra fazer do gelo fogueira, talvez.

Mas desapegar também é querer e não poder. É lutar contra o corpo, contra a mente e contra o coração. Esse ultimo, não mais que os outros, é quem vai te fazer chorar no final do dia. Porque a saudade fica.

Desapegar não tem nada a ver com esquecer, tem a ver com se lembrar e não sentir falta. Lembrar e não sentir falta, repito. E é necessário.

Doar um brinquedo de infância, emprestar a roupa favorita, trocar figurinhas na adolescência, despedir dos colegas no fim do ano, falar sobre saudade e não chorar, ceder um lugar da fila para um idoso, contar seus medos e deixar de fazer o que você queria porque sua mãe precisa que você vá com ela ao supermercado.

Tudo isso é desapego.

E é como se lhe fizesse um operatório, sem data de cicatrizar. Mas daqueles que até a saúde fica melhor quando finda.

Você volta a sorrir, volta a cantar debaixo do chuveiro, volta a correr na chuva, volta a comer feijão tropeiro com a mão e fazer todo o mundo sorrir com você.

Você só precisa de um pouquinho de coragem, Sá. Uma dose mínima. Nem precisa ser a xícara cheia, transbordando. Porque você tem forças. E acredite ou não, suficientes.

Agora vai lá, minha menina. Pratique e me diga o quanto é bom voltar a sorrir.


O que achou?
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

12 comentários:

  1. Amamos o texto,realmente nos desapegar de algumas coisas nos deixam mais leves e assim voltamos a sorrir!!

    beijos

    http://www.onlyinspirations.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  2. Gostei do texto :)

    Participe do Concurso Cultural de 4 Anos do Páginas:
    http://paginasempreto.blogspot.com.br/2014/05/concurso-cultural-4-anos-de-paginas-em.html

    Páginas em Preto

    Beijos

    ResponderExcluir
  3. Lindo! Amei seu texto. É mais ou menos como o perdão hehehe.

    Blog Prefácio

    ResponderExcluir
  4. Muito bom! Desapegar é necessário quando o apego começa a nos fazer mal. Gostei muito do texto.

    ResponderExcluir
  5. Belas palavras.
    O desapego é algo tão difícil de ser feito, mas muitas vezes necessário.
    Tenho comigo uma frase do filme "Now Is Good" que diz o seguinte, A Vida é uma sequência de momentos, desapegue-se.
    Até mais. http://realidadecaotica.blogspot.com/

    ResponderExcluir
  6. Desapegar é tirar o agasalho numa noite de Julho, Sabrina. A pele dói. Dá calafrios. E o corpo inteiro congela.
    Gente que texto lindo, não soube o que de preferido escolher...Perfeito :)

    ResponderExcluir
  7. Acredito que o desapego leve a pessoa para a libertação e a alegria, confesso que é um bem difícil pra mim, me apego rápido e isso é um erro.
    "
    Agora vai lá, minha menina. Pratique e me diga o quanto é bom voltar a sorrir." MARAVILHA DE FRASE ♥♥
    Beijos, Ariane
    www.diariodostreze.blogspot.com<<<

    ResponderExcluir
  8. O que sofremos para doar não temos, mas tem a nós.
    GK

    ResponderExcluir
  9. Nessa vida temos que dar sempre um novo rumo, largar algumas coisas faz bem a nós mesmos, Suzana passando pra desejar uma ótima quinta-feira beijos.
    Blog /Fan Page / Twitter /

    ResponderExcluir
  10. Lindo texto
    Você escreve super bem

    Beijos
    |•| http://pocketlibro.blogspot.com.br

    ResponderExcluir

Deixe sua opinião, será muito bem vinda!

Caso tenha alguma duvida, pergunte, e volte no post que logo será respondido.

Os comentários não aparecem aqui assim que você comenta, todos os comentários são moderados, e podem demorar um pouco para aparecem na página.

ATENÇÃO BLOGUEIROS: Evite spam, não deixe mais de um link na sua postagem, ao contrário ela não será aceita. Eu retribuo COMENTÁRIOS DECENTES. :)