15 de maio de 2014

menina

A vida e suas voltas.

Aconteceu nas férias de julho. Eu estava em frente ao mar e era a melhor coisa que poderia acontecer. O momento, as risadas, o sol, as ondas. As pessoas ao redor se tornavam meras observadoras do meu pequeno infinito de alegria. Não tinha necessidade de mais nada, além daquela natural diversão.

Esses dias eu voltei ao mar, deu saudade. Mas eu não o reconheci mais. A maré aumentada, a praia mais cheia, os prédios ao redor, os tablets da mão. Eu olhei para o mar e triste disse: você mudou.

Mas não adiantou colocar a culpa nele.

Quem mudou foi eu. Quem não consegue mais encontrar a alegria na sua essência mais pura sou eu. A culpada de procurar o sentido nas coisas da vida, a ideia de registrar, a ideia - maldita ideia - de colocar sentimento em tudo. Mas eu não sou tão boa assim. Não sou genial assim. Nem brilhante assim. Fico me perguntando em que parte finalmente começa a vida que eu planejei.

É clichê também, mas eu já expliquei, não sou tão genial assim. A única coragem que me resta é a de escrever. Só que conforme escrevo a coragem aumenta gradativamente. Jogo a folha no lixo e nada da minha vida mudou.

Mas tomar uma atitude mudou. E o mar também mudou. Aliás tudo muda, nunca somos os mesmos. Então eu me conformo na ¹relatividade e no ²caos: ¹Apesar dos meus planos, a cada segundo não sou a mesma, e que ²a vida se altera por completo nos mais simples acontecimentos.

Agradeço aos gênios.

O que achou?
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...
Categorias:

12 comentários:

  1. Amei, a vida é mesmo assim...
    Beijos...
    -Vem participar do sorteio do Blog!
    www.byhoradoblush.com.br
    Instagram:@belamatuliones

    ResponderExcluir
  2. Nada é permanente, exceto a mudança.
    GK

    ResponderExcluir
  3. CAAARA, essa matéria sobre relatividade e destino me deu até arrepio, nossa, eu amo essas coisas e por mais que seja um pouco confuso eu achei muito foda ( sim, minha mente não faz sentido.)
    Mas olha, sobre seu texto, eus ei exatamente como você se sente e o que eu sempre penso é : a gente sofre uma pressão interna fudida. Por exemplo quando vemos alguém da nossa idade se dando bem na vida, a gente quer fazer o mesmo, todo mundo quer, mas a gente nunca vai conseguir isso porque nós não somos aquela pessoa. Como disse a reportagem, o tempo passa de formas diferentes pra cada um. O importante é não desistir. É seguir em frente e viver da a sua própria maneira.
    E o seu blog está LINDO, simplesmente, amei tudo nele.
    Beijão
    barradosno-baile.blogspot.com

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Exatamente isso Amanda! Fico feliz que tenha entendido, se identificado, gostado. ! :)

      Excluir
  4. Você escreve muito bem, arrasou! ♥

    >> Nosso blog, visite!
    - xoxo –

    ResponderExcluir
  5. Olá! Adorei o texto Su, achei meio triste :( hehe
    beijos

    www.izabellagrimaldi.com

    ResponderExcluir
  6. 'colei' nesse texto, que lindo e tão real

    Sónia
    Taras e Manias

    ResponderExcluir
  7. Pois é, o mundo dá voltas! Hoje pensamos assim, amanhã, não mais!

    Bjinhos ;*
    Pâm

    ResponderExcluir
  8. Como sempre arrasando nos textos!
    "Aliás tudo muda, nunca somos os mesmos"
    Grande verdade, pra falar a verdade,
    muitas vezes acho que mudamos até demais,
    mais é preciso!
    Sempre que você poder dá uma passadinha lá no meu blog,
    que eu passo aqui!
    Beijos ^_^
    Blog: Desvendando Segredos

    ResponderExcluir
  9. estava a precisar ler algo como este texto!
    nós mudamos tanto...na sua grande maioria, só reparamos quando a mudança já aconteceu!
    amei o texto!

    ResponderExcluir
  10. A saudade é um parafuso que quando a rosca cai só entra se for torcendo
    porque batendo não vai. Mas quando enferruja dentro nem distorcendo não sai. É assim que me sinto ao entrar no seu espaço e me deparar com tuas mais belas e lindas palavras que descreve num todo aquilo que és... Quem me dera deixar fluir tudo àquilo que meus dedos não conseguem expressar... Sei que és capaz na de distinguir com exatidão o que estou a dizer... Seja como for o que penses, creio que é melhor dizê-lo com boas palavras, segundo o que já tens deixado transparecer em cada uma de tuas mais lindas e belas postagens... Confesso vararia dias, meses e anos a te escrever, mas vou deixar espaço pra você também Quando eu escrever na alma de alguém. Não deixarei páginas em branco. Beijos e um lindo final de semana..

    ResponderExcluir

Deixe sua opinião, será muito bem vinda!

Caso tenha alguma duvida, pergunte, e volte no post que logo será respondido.

Os comentários não aparecem aqui assim que você comenta, todos os comentários são moderados, e podem demorar um pouco para aparecem na página.

ATENÇÃO BLOGUEIROS: Evite spam, não deixe mais de um link na sua postagem, ao contrário ela não será aceita. Eu retribuo COMENTÁRIOS DECENTES. :)