1 de maio de 2014


O dia acabou de novo. A vida não. Eu sei que não porque a pilha de roupas continua aumentando ali no canto, a pilha de livros também não para de crescer. As lições que eu nunca consigo fazer, o pó que se amontoa entre os móveis e o cobertor que não se moveu desde que sai daqui hoje de manhã. O dia acabou de novo e eu me pergunto se sempre acabará assim.

A unha sempre à fazer, o cabelo sempre a arrumar. Os pelos que não param de crescer, o tênis que não deixa de apertar. A roupa que aos poucos perde sua graça, o pijama que eu não quero tirar. O banho que eu não quero sair, a tinta a desbotar. As cartas que ainda não joguei fora, a saudade que pesa o ar. O arrependimento que nunca mudou a vida, a frustração do tempo nunca me poupar. A tristeza da primeira pessoa que a terceira não pode ver. O colchão que afunda no mesmo ritmo da vida.

Quando até se rebelar já não faz sentido... Quando se arrumar dá preguiça... Quando já não dá vontade de ser o que esperam de você. A vida passa e a gente relaxa. Vai perceber que ninguém nunca te escuta desde que nasceu, que o tempo que se ganha, já se perdeu e a vida não é tão sensacionalista quanto vemos na tv. E a vida é sem graça mesmo sem tv.

Olho novamente para o violão que eu não mais toquei e nem senti vontade de tocar. O cabelo armado que eu não quero prender. O jeans apertado que eu não queria usar. Penso na ingratidão. Penso no dinheiro que preciso, do sono que tenho, da oportunidade que falta, das desculpas que arranjo. Penso e na minha cabeça essas coisas são muito pequenas, no mundo real decidem sua vida. Olho de novo para a pilha de roupas e me pergunto se hoje aquilo vou mudar.

Dane-se. To morna demais. Hoje não...

O que achou?
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...
Categorias:

12 comentários:

  1. Achei bom para parar e refletir com esse texto!
    beijinhos, Rê
    garotas-urbanas.com

    ResponderExcluir
  2. uy! que texto forte... >.< mas sim, vai mudar sim! procura algo de animo e tudo muda :)
    http://www.tastemycloset.com/

    ResponderExcluir
  3. As vezes tamos assim, mornos.
    Não temos coragem de fazer nada, até que um dia a temperatura aumenta.

    www.iasmincruz.com

    ResponderExcluir
  4. Seu texto me descreveu, ando tão morna... Não só por hoje, mas por vários dias.

    ResponderExcluir
  5. Amei... tem dias que eu tô morna também!
    Tenha um final de semana abençoado, beijos.

    Blog Paisagem de Janela
    paisagemdejanela.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
  6. As vezes me pego nestes pensamentos! :S

    Bjinhos ;*
    Pâm

    ResponderExcluir
  7. Que texto perfeito!!! Amei.
    beijos,
    http://cookierobsten.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  8. Nossa adorei!
    Com certeza descreve muito como eu me sinto as vezes.
    Sinceramente odeio as coisas quando estão mornas!
    Bjoss

    http://fotografiaeleitura.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  9. Muito bom o texto. Quem nunca ficou morno hehehhe.

    Blog Prefácio

    ResponderExcluir
  10. Há dias em que tudo ao redor parece oco. E tudo o que se diz, um soco.
    GK

    ResponderExcluir
  11. Sempre me pego em pensamentos assim, e um dia ainda me pergunto se um dia isso vai ter fim... Adorei o blog!
    xoxo'

    Visite meu cantinho ;3 adoravelbellablog.blogspot.com

    ResponderExcluir

Deixe sua opinião, será muito bem vinda!

Caso tenha alguma duvida, pergunte, e volte no post que logo será respondido.

Os comentários não aparecem aqui assim que você comenta, todos os comentários são moderados, e podem demorar um pouco para aparecem na página.

ATENÇÃO BLOGUEIROS: Evite spam, não deixe mais de um link na sua postagem, ao contrário ela não será aceita. Eu retribuo COMENTÁRIOS DECENTES. :)