23 de novembro de 2013


Seja Simples.

Eis o primeiro conselho do livro "A Vida Bela" (de Dominique Glocheux), que enquanto lia e concordava com tal frase, ao mesmo tempo me questionava como a simplicidade muitas vezes é complicada. Pode parecer que não, mas de começo, escrever simplicidade já é uma dificuldade: nunca sei se tem "s antes do c" e o Google costuma me salvar. Talvez admitir isso agora possa parecer um ato simples meu, mas escrever certinho, entre parágrafos, com letras difíceis e atrás de uma tela de computador, nunca foi simples e talvez nunca seja... Mas antes que isso se torne uma crônica, hoje eu apenas desejava refletir...

Navegando em sites de fotografias, como Pinterest, flickr e we heart it, comecei a me questionar o que a gente tanto venera. Cheguei à uma conclusão: Desde quando a frase de efeito: "Menos é mais", caiu na mídia, a imagem do "simples" passou a ser vendida também. Isso mesmo! Virou moda. 

A gente vê essas pessoas repaginando os estilo antigos dos hippies e dos grunges, por exemplo, que eles usavam aquelas camisas velhas e os jeans rasgados, e com aquele all star acabado, totalmente contra o consumismo, e a Capricho vende esse estilo, assim como todas as marcas famosas, desbotam jeans e rasgam eles e cobram mais de 300 reais a peça, pra muita gente sair por aí dizendo que está "largadinho no estilo grunge".

E as coisas não param por aí. Constantemente a gente vê as casas com decorações simples e modernas, em que um "simples tapete" custa o preço do meu sofá! Ou então aquele "prato simples", de restaurantes chiques que vem em um prato quase vazio e que realmente custam uma fortuna! Deve ter algo de muito errado aí... Enquanto o outro lado da moeda, não é nada bonito e atraente... Deixa de ser simples?

E aí eu me pergunto, como vou ser simples? Estabilizando-me na vida e abandonando o estilo de vida capitalista? Me metendo em alguma casa de roça ou de interior? Não consigo descobrir aonde a simplicidade realmente se encontra... Mas não acredito que esteja perto de condições financeiras...

Suzana

CHUVA POÉTICA
O céu rasgou-se espada afora
e verteu lágrimas,
muitas lágrimas,
Não sei se eram de tristeza ou indignação.
Também, não adianta perguntar,
que ninguém responde.
Pus minha canequinha do lado de fora da janela,
ela quase transbordou.
Estou rica: tenho uma caneca com lágrimas do céu.
Os vizinhos caçoam:
quem é que compra um punhado de chuva?

© FLORA FIGUEIREDO 
In Chão de Vento, 2005 



O que achou?
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...
Categorias:

22 comentários:

  1. Eu poderia escrever um comentário enorme, mas ele é simples! Só o meu coração expressa o quanto gostei: ♥
    http://dedodemenina.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  2. O dinheiro move o mundo, as pessoas deixaram de acreditar nelas mesmas e passarem a venerar um papel de valor.
    Adorei esse artigo de opinião, tá muito.

    XOXO:D CLICA AQUI {Joven Clube}

    ResponderExcluir
  3. Eu concordo com vc tudo é mercado, o capitalismo vê um nicho e se joga nele.
    Eu não penso em simplicidade em termos de vida ou material, eu penso em termos de gentileza com o próximo, apreciar uma boa refeição, o descanso depois de um dia árduo e por ai vai.
    Mas entendo sua colocação de que o simples não tão simples assim e tem muita coisa por trás disso...

    ResponderExcluir
  4. Olá,
    Vivemos em um mundo onde a tendência é que tudo seja valorizado, a simplicidade passa por isso. O mundo está complexo demais, então vamos tentar ser mais simples para variar, mas o simpes também tem seu valor e não é barato. Não sei o que você pode fazer, a simplicidade da roça pode se tornar complexa para nós também. Temos que nos acostumar com isso.

    gde abrsss

    Blog Fernu Fala II
    Meu Twitter

    ResponderExcluir
  5. Isso é pura verdade,mesmo que você não faça nenhum desses estilos que você citou,qualquer peça de roupa anda muito cara,mesmo sendo horrorosa,é cara e ainda assim tem quem compre, essa coisa de ter estilo, ser simples ou diferente, faz com que esse tipo de coisa se torne comum.
    http://thetimeb.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  6. Adorei o post, falou tudo!
    No mundo em que vivemos é um tanto complicado ser simples, pois tudo a nossa volta está rodeado de pessoas que quer ser melhor que todo mundo, e isso acaba influenciando no caráter.

    http://destinoincertoo.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  7. Adorei, a palavra 'simples' perdeu o sentido já que todo mundo segue uma moda de ser simples pagando muito
    beijos

    ResponderExcluir
  8. As pessoas gostam de andar nos padrões (da moda) mesmo qndo isso é totalmente ridículo. Eu nunca fui assim, graças

    ResponderExcluir
  9. Acredito que as coisas simples se encontram no que nos fazem felizes...

    gothicowl.blogspot.com

    Boa sorte no sorteio lá do blog!

    ResponderExcluir
  10. verdade, como vamos ser simples? concordo com você

    madlyteen.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
  11. Adorei! Que poema mais fofo!
    Beijos!
    www.mahmaquiagens.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
  12. Se bobiar, o simples sai mais caro do que o elaborado! Realmente uma questão a se pensar

    Beijoos, Ana Carolina.
    http://simplesglamour.blogspot.com
    Instagram e Twitter: @simplesglamour

    ResponderExcluir
  13. parabéns pelo texto.
    Acho que para ser simples ( ao meu ver) , tenho que esta em contado com a natureza e esquecer totalmente esse estilo de vida capitalista .

    PS. Obrigada por visitar o meu blog.
    Bjuss Girl
    apenasumdiariovirtual.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
  14. Oi Suzana,
    Uma das coisas que mais amei com a criação do meu blog, foi a oportunidade de conhecer pessoas bacanas e blogs com ótimos conteúdos. E o seu ja faz parte do meu pequeno grupo de blogs e amigas que quero muito continuar a prestigiar.
    Visitei posts anteriores e posso te parabenizar, pois seu blog é Ótimo, as frases são lindas, sem falar dos demais posts.
    Continue assim, um super beijo.
    Ana.

    ResponderExcluir
  15. É verdade já virou moda rs... mas ser simples está dentro da gente, por mais que a mídia venda como a última onda do momento é coisa que não se vende, ou se é ou não é. E junto com esse modo de ver o mundo vem tbem aquela solidão, solidão de encontrar poucos por aí que sentem e vêem o mundo da mesma forma. As vezes é um pouco dolorido, outras vezes tem uma certa magia...

    beijo adorei o texto

    ResponderExcluir
  16. Que lindo texto, gostei da reflexão.. o mais importante é o sentimento que expressam as palavras e não a escrita corretíssima *-*

    ResponderExcluir
  17. Concordo que o simples não é tão simples como se é vendido, flor... bem, pelo menos no valor. Amei o texto. beijinhos

    ResponderExcluir
  18. Que lindo <3

    http://cherryrrouge.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir

Deixe sua opinião, será muito bem vinda!

Caso tenha alguma duvida, pergunte, e volte no post que logo será respondido.

Os comentários não aparecem aqui assim que você comenta, todos os comentários são moderados, e podem demorar um pouco para aparecem na página.

ATENÇÃO BLOGUEIROS: Evite spam, não deixe mais de um link na sua postagem, ao contrário ela não será aceita. Eu retribuo COMENTÁRIOS DECENTES. :)