13 de agosto de 2013


Sempre me acontece de algumas questões martelarem na minha cabeça, me deixando com crises existenciais quase insuportáveis, mas logo me cai como uma luva um alívio tão grande, que ainda não descobri qual o remédio que me traz tamanho alívio, só sei que fico pronta para mais uma pergunta, como se a resposta estivesse aqui comigo há um tempão. Que susto. Vamos ver qual a reflexão da vez.

O que é ser diferente, para você?

O fato de querer ser diferente é muito comum hoje em dia, pois vivemos em uma sociedade onde somos tratados sempre como "um amontoado de gente" e acabamos sentindo nossa unidade sendo cada vez mais reprimida e extinta. Isso é desesperador, aliás, quem aí quer morrer como mais um?

Uma irritação tomou-me quando percebi que as pessoas tem uma noção básica do que é ser diferente. É como se buscássemos esse "ingrediente" de estilo, personalidade e atitudes nas coisas ao nosso redor. Eita mania chata do nosso século estar sempre padronizando tudo! Muita gente por aí chegou na seguinte fórmula: "Olha pros lados, agora escolha o que gosta. Misture tudo, esprema contra si. Enfie a ideia na sua cabeça e por último, faça publicidade disso e espere a aceitação alheia".

Sabe por quê eu acho que essa fórmula não dá certo?

Porque ela pode até ficar bonita (ou um pouco bizarra) exteriormente. Mas não deu pra ver as essências. Não deu pra ver se aquele sorriso na balada era sincero, mas era bonito e eu sorri. Não deu pra saber se sou bonita com meus cabelo armado com cachos, então alisei. Será que eu pintaria meu cabelo de loiro, caso fosse morena? Mas já que sou loira, quero ser morena! Mas será que toda essa loucura de cremes/maquiagem/plásticas não viciam?

Olha, eu não sei te responder nenhuma dessas perguntas. Mas se cada ser é único, e Deus me fez com meus cabelos sem forma, como eu poderia querer ser diferente dando forma a ele? E porque seguir sempre a tendência, seguir sempre a moda, ou determinado estilo... Se posso e devo me reinventar a cada dia?

Eu não gosto muito do que vejo porque sei que uma boa parcela é mentira. Dizem que quem é verdadeiro reconhece o que é falso, né? Mas que atire a primeira pedra quem nunca disse "tudo bem" no chat, sendo que não estava tudo bem! Sendo realista (odeio ter que ser realista!), é capaz que tudo engane a gente, ou que a própria vida seja uma armação.

Eu decidi olhar para dentro de mim. 

Mas aí você me pergunta: "- Como você tem certeza de que tomou a decisão certa?"

Primeiramente, posso dizer que não tenho certezas. E nem sei que se o que tenho aqui é tão bom assim. Desde quando passei a preferir a voz da minha mente à conversas vazias, tenho me sentido insuportável. E também vi, assim, foi bem nítido e gritante, que não tenho nada de extraordinário. Mas também posso dizer que às vezes a opinião alheia sobre como preferem meu cabelo ou roupa não importa tanto. A certeza fica sempre mais próxima quando procuro encher isso aqui. Com conhecimento, com situações, escutando, fazendo escolhas... Não vou dizer que o melhor jeito de ser você é vomitar seu próprio arco-íris e continuar sendo a pessoa mesquinha, ingênua e ruim que muitos são. Por outro lado, é se auto conhecer, auto avaliar, rever seus conceitos... E nunca abandonar a essência que tá aí dentro.

" -Qual é a minha essência?"

Sinceramente? Só você mesmo pode responder isso.

O que achou?
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...
Categorias: ,

47 comentários:

  1. Uaaaaau.. Sinceramente adorei o texto! PARABÉNS ;)

    Bjinhos ;*
    Pâm

    ResponderExcluir
  2. Gostei do texto Suzana. Bem interessante e condizente com a época atual. Beijo!

    www.newsnessa.com

    ResponderExcluir
  3. Sabe, as vezes você escreve de uma maneira extremamente paradoxal. E isso é perfeito pra mim. Gosto muito dos seus textos!

    ResponderExcluir
  4. Uma reflexão muito bacana Suzana! Nos coloca a pensar em muitas coisas! Gostei! Parabéns!

    Beijos da Kika/Blog Acessarte

    ResponderExcluir
  5. É bem fácil falar quem são os falsos, mas acho que muitas vezes nós também somos falsos :(((

    David - Leitor Compulsivo

    ResponderExcluir
  6. Gostei! É igual aquela famosa frase: "Vocês riem de mim por eu ser diferente, e eu rio de vocês por serem todos iguais" ;)

    xx,
    www.likeparadise.com.br

    ResponderExcluir
  7. Oi Suzana (: Gostei muito do texto, achei bem profundo, realmente enquanto eu estava lendo me fez pensar muito sobre todas essas coisas, a nossa sociedade tem mesmo essa manina de padronizar tudo e me irrita bastante também, se é 'diferente' porque tem que ser igual? Há tantas questões sobre nós mesmos que não conseguimos responder, como dizem o ser humano é um grande enigma!

    Tem resenha nova lá no blog, quer ler?
    Desde já obrigada!

    Fallen In Me
    - MicaScarcella

    ResponderExcluir
  8. Oie Suzana =)

    Acho que essas questões vão nos perturbar a vida toda de uma certa maneira. Sei lá as vezes a mesma certeza que você tinha do que queria aos 18 vc tem aos 30, da mesma forma que vc chega em determinados momentos que quer jogar tudo para o alto e sumir.

    São fases da vida, momentos que vivemos e passamos. E se não fosse justamente por causa dessas perguntas jamais sairíamos do lugar para tentar algo diferente.

    Ótimo texto!

    Beijos ;***

    Ane Reis.
    mydearlibrary | Livros, divagações e outras histórias...
    @mydearlibrary


    ResponderExcluir
  9. Muito bom post, assunto de grande importância para ser abordado...
    As pessoas ás vezes esquecem que beleza é muito mais que aparência !
    Somos únicos e a beleza única é a mais bela de todas =)
    Que todos possam aprender a se amar, se aceitar e ser feliz do jeito que é ^^
    Deus nos deu tudo perfeito, não temos do que reclamar...
    Agradecer pela saúde.., não adianta beleza sem saúde, outra coisa, uma pessoa feliz transmite uma beleza sem igual.., o que sentimos reflete nos olhos, e os que estão de fora enxergam isso.
    Então se todos transmitir alegria, vão ser belos sem igual S2
    Grande beijo e parabéns pela linda reflexão flor O/

    ResponderExcluir
  10. bem legal esse post, também vira e meche tenho minhas crises de baixa auto estima, no momento estou me recuperando de uma das minhas piores crises e decidi mudar o que não gosto em mim não pelo os outros mas por mim, me apeguei mais a Deus posso dizer que estou me sentindo bem melhor

    Guru de beleza

    ResponderExcluir
  11. Eu já fiz um post sobre isso. "somos iguais e somos diferente". Todo mundo quer ser diferente e no final acaba tudo igual.
    bunnets.blogspot.com

    ResponderExcluir
  12. Sabe... Eu odeio ser igual a todo mundo. Beijos, Clara do www.nemsanta.com

    ResponderExcluir
  13. Adorei o post! Muito bom!
    Beijocas
    http://tobarata.com
    [Tô barata, mas tô na moda!]

    ResponderExcluir
  14. Su,
    Certezas? Acho que no fundo ninguém tem! e nos cabe fazer aquilo que nos faz se sentir bem e feliz.
    Bjs,

    www.garimpus.com

    ResponderExcluir
  15. Cada um é cada um, o que é ótimo, o que nos torna único, né?
    Beijos

    ResponderExcluir
  16. Isso aí, sempre manter a essencia é o primordial!

    Uma beijoca,
    Nanda Cris

    Maquiada & Esmaltada
    Maquiada & Esmaltada no Facebook

    ResponderExcluir
  17. Suzana.
    Você é linda! E tem uma mente muito adulta também.
    O sistema nos trata como iguais, ignora nossos feitos pessoais e sociologicos, nos reprime, nos transforma em um monte de gente.
    Mas a verdade é que cada ser humano é uma caixinha de segredos, um grande feito misterioso, cada um tem sua preferencia, seu estilo, seus defeitos, suas qualidades. Não existe mal totalmente ruim, nem bom totalmente legal. Yin-Yang, é um simbolo que mostra isso.
    A questão de aparencia, que é uma coisa que muitos adolescentes se preocupam hoje em dia, é que é um negocio estranho. Somos bombardiadas todos os dias com a DITADURA DO LISO, muitas cacheadas escutam: "cadê sua progressiva?" Isso nos torna insatisfeitas com nosso corpo. Com nossos cabelos. A beleza mostrada nas revistas e televisão é INCOMUM, logo, nós achamos que ela é normal, mas na verdade, não é. Nós, humanos, somos diferentes, e não é porque todas as moças da tv tem o cabelo liso, que nós somos diferentes por não ter. Não é porque elas tem seios grandes, que seios pequenos é feio. É um outro jeito de olhar as coisas, você entende?
    Vivemos tentando ser "diferente" porque as garotas mostradas em tv e revistas sao diferentes. Mas na verdade, na nossa cabeça, elas são normais, e nós, feias.
    Fico feliz de você enxergar essas coisas, e se sentir bonita da forma que você é.
    Obrigado por ser mais um ser humano ilimitado. Beijo.

    ResponderExcluir
  18. Cada um tem a sua essência mesmo, mas acho que quando pintamos o cabelo, quando mudamos o nosso estilo, é só o visual que está sendo alterado. Porque dentro de nós ainda existe o que realmente somos; bastante preservar isso, mesmo que as aparências sejam alteradas.

    ResponderExcluir
  19. Muito bem, muito bem bem bem dona Suzana! Gostei muitíssimo do texto e das sardas ali acima também! =D
    Para mim pessoas sempre reconhecem seus semelhantes, ou seja, o mentiroso reconhecerá um outro, mas isso é muito particular, e nem eu mesmo tenho certeza disso... Afinal um louco pouco reconhece o mundo, ou conhece ele todo Haha! XP
    No meio de um rebanho inteiro, um boi tem um boné de aba reta, ele está diferente de todos, mas ainda é gado, como os outros, isso é triste... eu ser um bailarino ou rapper no meio do gado é diferente. A diferença do ser e do estar é gritante! E muito mais alarmante é a do ser porque é e a do ser porque quer ser! Não é natural, é padrão, como você mesmo disse! Mas acho que já me perdi no comentário, ou não... xD!
    És uma pessoa muito interessante menina, sua essência não sei dizer qual é, sinto... mas sinto também que és uma boa pessoa! =)

    Um abraço e até a próxima menina Suzana!

    PedrodeAmolar

    ResponderExcluir
  20. Ser diferente não é uma questão de querer ser assim, e sim ser. Sem ao menos perceber, ter sua própria forma de se portar, se expressar, enfim... Até mais, adorei o texto. http://realidadecaotica.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  21. Suzana ótimo texto, faz refletir sobre nós mesmo, do que somos, beijos

    ResponderExcluir
  22. Concordo com tudo que disse, muita gente chega e diz assim "não, mas eu sou diferente, gosto de rock e não de pop" ou vice-versa, mas acho que isso é só uma questão de gosto e não de ser diferente. Ser diferente vai além do gosto musical ou do estilo de roupa.

    coffeesandreams.blogspot.com

    ResponderExcluir
  23. Adorei teu texto Suzana... é isso mesmo, não devemos perder nossa essência, ela sempre estará lá, mesmo que tentemos sufocá-la com a loucura de consumir tudo que o sistema nos expõe.

    Perfeito.
    Beijos

    ResponderExcluir
  24. Ser diferente é bom
    Beijos
    http://segredosdacahlima.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  25. Concordo com o que disse e também odeio essa superficialidade que tem tomado conta das pessoas.

    Adorável Tédio | Fã Page

    ResponderExcluir
  26. Que graça teria o mundo se fossemos todos iguais?! Nenhuma!!
    Cada um nasce e cresce de um jeito, e ser nós mesmos sempre é o mais importante nessa vida!!!
    Beijos Té
    bloglola.com.br

    Instagram: stephanieparizi

    ResponderExcluir
  27. Realmente é difícil saber se a decisão que vamos tomar é a certa. Sempre existirá a dúvida.
    Beijos!
    www.mahmaquiagens.blogspot.com.br
    Ah! Tem post novo no blog.

    ResponderExcluir
  28. Realmente essa pergunta só cabe a nós mesmo responder. Na parte que falou do cabelo sem forma, me lembrei que com 15 anos eu vivia em crise por conta do meu cabelo, agora aceito ele como é.

    Plumas e Paetês
    Sorteio
    Fanpage

    ResponderExcluir
  29. Su, adoro ler tudo que vc escreve .
    Adorei o post de hj.

    Beijos Vivi,
    Doida por Esmaltes
    Fan Page DPE

    ResponderExcluir
  30. Adorei o texto <3
    Beijos

    Marina Alessandra do blog Maior de Idade
    @mariinaale
    @maioordeidade

    ResponderExcluir
  31. Obrigada!!

    adorei seu texto, concordo com você. O importante é nunca perder essa essência! Nunca deixar de ser você!

    http://pamlepletier.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  32. De onde vem tanta inspiração? Que texto MARAVILHOSO! Em muitas partes dele me identifiquei! Parabéns!
    Obrigado pela visita, beijo :*
    http://closet-de-mulher.blogspot.com.br/2013/08/resenha-natura-faces-intense.html

    ResponderExcluir
  33. olha, eu sei que Deus me deu cabelo crespo, mas o cabelinho feio que eu tinha! hauhau tive que alisar, não tinha jeito!
    amei a proposta do post flor :)

    Muito obrigada por comentar no meu blog!
    Sempre que atualizar me mande um recado no meu blog, que virei aqui comentar! Fica mais fácil para eu não esquecer e sempre estar aqui mantendo contato! ;)

    Beeeijooos, @re_becah

    blogdareh.com.br

    youtube.com/blogdareh

    facebook.com/blogdareh

    ResponderExcluir
  34. Ficou bom!
    Gatinha estou atualizando o meu canal no youtube com vídeos semanais, visite e se gostar se inscreva, beijinhos.
    Canal: https://www.youtube.com/user/isabelyrogrigues
    Blog: http://fasesdegarota.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  35. Verdade, flor! Todos querem ser únicos, mas se comportam como igual. Parabéns pelo texto! =]

    ResponderExcluir
  36. Adorei o texto!! Lindo demais!! E essa foto também está muito fofa!

    Beijos
    www.fashionvictim.com.br

    ResponderExcluir

Deixe sua opinião, será muito bem vinda!

Caso tenha alguma duvida, pergunte, e volte no post que logo será respondido.

Os comentários não aparecem aqui assim que você comenta, todos os comentários são moderados, e podem demorar um pouco para aparecem na página.

ATENÇÃO BLOGUEIROS: Evite spam, não deixe mais de um link na sua postagem, ao contrário ela não será aceita. Eu retribuo COMENTÁRIOS DECENTES. :)