18 de junho de 2013


Minha primeira lembrança política é de 1984. Eu tinha apenas 9 anos de idade, mas a TV me pôs lá, ao lado de artistas e líderes que eu admirava, sem nenhum porquê. Oito anos depois, em 1992, eu estava fisicamente lá. Com a cara pintada, uma estrela vermelha no peito e a garganta arranhando de fé.

Minha geração ocupou a praça. A praça do sonho e da marra. A praça da graça, da massa, tomada na raça. Reclamamos direitos, denunciamos picaretagens sistêmicas da nossa semi-democracia e demos a cara à tapa. Conquistamos (se é que se pode dizer assim) o direito de pôr (em 1984) e de depôr (em 1992).

Despertar o gigante não é mais tão difícil. As redes sociais amplificaram a nossa voz e esticaram a nossa visão de mundo. Descobrimo-nos parte de um todo. Um todo maior que a bandeira dos 20 centavos. Maior até que a bandeira de uma nação. Somos uma só raça - a humana - e queremos viver como tal, sob quaisquer regimes, bandeiras, crenças e culturas. Na ânsia de protagonizar, gritamos "não" à figuração.

Mas, no fim das contas, a única revolução possível começa no coração. Onde o indivíduo decide manter o sentido e inverter a direção, renunciando à rebelião contra quem o fez à sua própria imagem e semelhança. Essa revolução muda a mente e a cultura, mexe com o bolso e com a economia, dirige o voto e a política, refaz a agenda e as reivindicações, formata as relações e as sociedades.

Enquanto seguirmos vestindo grifes que escravizam, consumindo a "cultura" de quem patrocina o tráfico (e seus derivados, como a violência, a corrupção, a exploração e o terror), negociando valores, abrindo concessões, votando por conveniência (e sem convicção), explorando e enganando o bem-próximo, podemos fazer de tudo, menos Revolução... de novo.
Autor: Léo Barbosa 
O que achou?
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

24 comentários:

  1. Adorei o texto, maravilhoso, arrepiou!
    beijinhos

    www.izabellagrimaldi.com

    ResponderExcluir
  2. Muito legal o textooo :)
    http://melhor-e-impossivel.blogspot.com.br/
    beijoos

    ResponderExcluir
  3. Também entrei no tema protesto.
    Dá uma olhada.
    http://michele-otero.blogspot.com.br/2013/06/acordabrasil_18.html

    Beijo

    ResponderExcluir
  4. tô ficando com orgulho dessa minha geração com essa onda de protesto, só faltava uma nova banda foda da nossa geração pra gente não precisar ficar usando "que país é esse" pra representar.
    bju

    http://aieuvivantagem.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. hahaha boa, mas sem desmerecer nosso querido Renato ^-^

      Excluir
  5. Bacana sua opinião. http://realidadecaotica.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  6. Boa tarde :)
    Como vai?
    Concordo com o que disse. A revolução começa por nós...mudarmos nosso pensamentos,atitudes,jeito de vestir e tal.

    Abraços e boa semana
    Rimas Do Preto

    ResponderExcluir
  7. Gostei muito do texto! Parabéns pelo blog fofo! beijos!

    www.museugirl.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
  8. Adorei esse texto, sempre irá existir alguém que lutará pelo Brasil
    beijos

    ResponderExcluir
  9. estou acompanhando essas notícias da manifestação no brasil e estou sentindo mesmo no meu coração. é muito bom ver o povo lutando, queria muito estar aí também!! ^^
    beeijo
    http://www.rendasebatons.blogspot.fr/

    ResponderExcluir
  10. Finalmente o Brasil abriu os olhos, e viu o que realmente tá acontecendo

    http://portrasdorimel.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  11. Suzana,
    eu fui uma cara pintada e te falo.. a emoção de ir a um protesto é uma experiência única, por outro lado não concordo com o vandalismo de uma minoria.
    Big Beijos
    Lulu
    http://luluonthesky.blogspot.com.br
    Obs: Já se inscreveu no nosso sorteio ?

    ResponderExcluir
  12. Muito bem dito, muito bem feito, o autor deste texto está de parabéns! =))

    isabelefarias.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
  13. É bem isso mesmo! To orgulhosa das coisas que to vendo por aí! E tomara que isso esteja marcando o coração de todos, pra não morrer, ou pra não esquecerem daqui um tempo. Temos que fazer história! Precisamos desse sentimento em todo mundo!

    Um beijo!
    www.fizdecanetinha.com

    ResponderExcluir
  14. Poxa falou tudo, ótimo post.
    http://plumasepaets.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  15. Um texto sensato para dar sentido à verdadeira revolução... Por um país mais humano, antes de tudo.

    Bjinhos. Adorei!

    ResponderExcluir
  16. vamo que vamos que não podemos parar

    ResponderExcluir
  17. Lindo texto e super acessível pra "crise" que estamos passando no nosso Brasil :x ..

    ResponderExcluir
  18. ótimo texto ! Aqui também tem um :)
    http://hippiegarimpo.blogspot.com.br/2013/06/e-ai-entao-voces-vao-ver-suas-criancas.html

    ResponderExcluir
  19. Me sinto tão bem ao saber que eu estou vendo e vivendo um momento tão importante da nossa hostória! ♥

    Lindo texto :))

    http://sweetchildofnovember.blogspot.com.br/2013/06/zero-vinte.html

    ResponderExcluir
  20. Essa geração de hoje é bem diferente das outras, concordo com as passeadas pacíficas e não essas passeadas com violência, Suzana tem post novo lá no blog beijos.
    Lucimar Estrela da Manhã

    Divulgue seu Blog no Facebook

    Fan Page

    Faço Afiliação com Blogs


    ResponderExcluir
  21. Eu espero que essas manifestações ajudem o nosso país a ir pra frente. O gigante demorou, mas acordou.♥

    PiinkCookie.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
  22. Que texto Léo, adorei sua narrativa! Sou muito a favor das manifestações pacíficas e o espírito de mudança tem que despertar mesmo, beijos

    ResponderExcluir

Deixe sua opinião, será muito bem vinda!

Caso tenha alguma duvida, pergunte, e volte no post que logo será respondido.

Os comentários não aparecem aqui assim que você comenta, todos os comentários são moderados, e podem demorar um pouco para aparecem na página.

ATENÇÃO BLOGUEIROS: Evite spam, não deixe mais de um link na sua postagem, ao contrário ela não será aceita. Eu retribuo COMENTÁRIOS DECENTES. :)