5 de fevereiro de 2013

Existe uma pessoa nesse mundo que me faz sentir tudo que vivi de bom e ruim nessa vida em um olhar. Uma pessoa que como marco da minha passagem de adolescente que se acha gente grande, fez questão de carregar consigo uma eu antiga. E todas as vezes que me deparo com esse espelho de passado, eu não consigo evitar a pressa e vontade de fazer tudo aquilo passar. Por que será que passado sempre nos aperta?

Em uma briga inútil de mente e coração, vocês já sabem exatamente quem ganha. Mas quando o tempo entra na história, ela se transforma completamente. E o que aconteceu comigo é a questão de que: não sou imatura o suficiente para ficar, não sou forte o suficiente para ir. E assim eu paro no tempo. Não um tempo de ilusões e tristezas, mas sim um tempo de esperanças gastas e quase acabadas.

Um fio de meada. Uns poucos dias. Que eu sempre sei que estão prestes a acabar. E a vida? Ela apenas continua, simplesmente segue, e como se não importasse nada, prossegue. O tempo não dá tempo para pensar, menos ainda para aproveita-lo. Logo vejo que nada aqui me pertence, apenas as lembranças emprestadas que logo se esvairão com meu ultimo suspiro, que eu não sei nem quando será.

E o nosso amor, onde ficará nesse contexto? Querido, eu sei que ele vai se perder no horizonte onde nós mesmos já nos perdemos. Será uma história que se contada a uma geração será muito! Não vivemos nada de tão diferente, e a única coisa que o fez tão grande e especial, foi apenas a nossa própria mente e o nosso próprio coração. E como nele ninguém toca, sem dúvida alguma nos perderemos no tempo.

Seremos esquecidos por nós mesmos e mortalizados pela nossa memória. Nos deixamos no passado, abandonamos nossas crenças. E o nosso amor inabalável, hoje, é mais sensível do que uma flor murcha. O arrependimento, a vontade, e qualquer coisa não seria motivo de voltar. Ainda que o passado pareça não passar, são poucos os caminhos me entregados pelo destino. Você não está nele. O seu lugar é bem aqui atrás, refletindo o que fui. O seu tempo marcado em mim foi porque me fizeste aprender e mudar, e ficarás aonde está para que eu nunca me esqueça.

E em um lugar, apenas em mim, está guardada nossa história, pois de todos amores que eu pude viver, o pseudo e acabado talvez tenha sido o o mais real e infinito, dentro de mim.

Suzana
O que achou?
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...
Categorias:

36 comentários:

  1. Meu Deus, que texto mais foda!
    Você está de parabéns, tanto pelo texto, quanto pelo blog.
    É a primeira vez que passo aqui e já amei ♥
    Estou seguindo e vou conferir outros posts.

    Realmente, sempre temos um amor que a gente sabe que vai ficar no passado, por mais que isso doa. E u concordo totalmente com a frase que vc escreveu: "Por que será que passado sempre nos aperta?"
    Sempre vai nos apertar...

    Enfim, parabéns! =)
    Beijos,
    Kell
    Blog: Pensamentos e Opiniões

    ResponderExcluir
  2. Lindo!
    Obrigada pela visita ao meu blog!

    Post duplo hoje la no Blog !

    Respondendo a Tag - Pecados Capitais - Esmaltes

    E Unhas da Semana: Clima de Carnaval bate a porta!

    Vamos conferir?
    http://nakitaaraujo.blogspot.com.br/

    Beijo!

    ResponderExcluir
  3. Lindo, como sempre.
    A frase final é LINDA DEMAIS.
    Beijos
    http://theclassicblack.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
  4. texto muuuito bom! A frase "Seremos esquecidos por nós mesmos e mortalizados pela nossa memória." foi realmente genial.

    beeeijos
    http://rockssip.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  5. Suzana e seus textos maravilhosos. Adorei a última frase "E em um lugar, apenas em mim, está guardada nossa história, pois de todos amores que eu pude viver, o pseudo e acabado talvez tenha sido o o mais real e infinito, dentro de mim". Você se expressa muito bem! Parabéns pelos teus textos!

    http://meninamoderna-blog.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  6. Amei o texto.
    http://fasesdegarota.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
  7. Alguns amores marcam nossa vida... lindo texto, florzinha!

    ResponderExcluir
  8. Adorei o texto, principalmente "(...) não sou imatura o suficiente para ficar, não sou forte o suficiente para ir." e, você escreve muito bem!

    Beijos!
    www.likeparadise.com.br

    ResponderExcluir
  9. gostei do texto, o passado sempre nos rondando né, esta rolando sorteio lá no blog
    Beijokas
    http://www.estilopropriobysir.com/2013/02/sorteio-kit-summer-da-fator-5.html

    ResponderExcluir
  10. Não tem jeito, não dá para mudar o passado
    O negocio é aprender com os erros e fazer um hoje muito melhor

    Beijos
    @pocketlibro
    pocketlibro.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
  11. Escrever tão bem não cansa não dona suzi? Amei o texto! Achei linda a parte onde é citada a história de amor, que vai se perdendo em lembranças, e que em nada foi tão grande senão nas próprias mentes e corações dos dois envolvidos. Me cativou. Ah passado, ah vida que correndo se perde entre os dedos... Quando a gente percebe o hoje jé é ontem, e o que era caso de vida ou morte virou história pra contar, recordar... E nem era tão de vida ou morte assim... Amei mesmo.
    Beijos :*
    Nos olhos de quem viu

    ResponderExcluir
  12. Somos um mix de tudo que vivemos
    passado, presente e projeções para o futuro
    amei o texto

    bjs

    ResponderExcluir
  13. adorei esses texto
    caramba vc escreve muito bem

    ResponderExcluir
  14. As coisas do coração não podemos escolher mesmo, adorei o texto!

    Beijos
    http://www.jessicarcoelho.com

    ResponderExcluir
  15. Menina, é incrível como você, tão nova, escreve tão bem. Daqui um tempinho, vai tá publicando livros lindos! :)

    ResponderExcluir
  16. Dúvidas sobre amor, bem a nossa cara adolescente de ser, rs. Adorei o texto!

    Beijo,
    http://paraisodemenina.blogspot.com/

    ResponderExcluir
  17. Boa tarde :)
    Como vai?
    Estava com saudades daqui *---*

    Poxa...lindo texto mas triste :(
    é bom amor retribuido e de preferencia um amor eterno kkkkk

    Beijos e cuide-se
    Rimas do Preto

    ResponderExcluir
  18. Lindo o texto!
    Te indiquei um selinho, espero que goste!

    Beijos

    ResponderExcluir
  19. Muito lindo o texto :) Tem certaz coisas e pessoas que são melhor se deixadas para tras não é mesmo ?
    bjs
    naquelemomentoeujuro.blogspot.com

    ResponderExcluir
  20. Adorei o texto, muito sensível, agradável, com um leitura boa. Uma ótima demonstração da quão grande escritora tu és!!! Espero que um dia eu possa ler uma obra sua!!! Gosto muito do seu blog!! Abraços

    R. B. Mattozzo - Blog Diretrizes da Vida

    ResponderExcluir
  21. Que texto lindo!!
    Realmente há coisas que ficam guardadas em nós;)

    Quanto ao passatempo, compreendo perfeitamente;)

    Beijinhos
    Boa quarta;)

    http://pinkstarnailsanastacia.blogspot.pt/

    ResponderExcluir
  22. Blog fantástico, é para mim um privilégio poder ler as suas palavras, de certo que mais vezes virei aqui, no entanto agora vim para encontrar novos amigos e ao mesmo tempo divulgar meu blog.
    Quero apresentar o Peregrino E Servo. Gostava que visse meu blog e desejar fazer parte dos meus amigos virtuais esteja à vontade, mas faça-o apenas se desejar.
    Muitas felicidades e saúde.
    Sou António Batalha.

    ResponderExcluir
  23. Nossa que lindo texto,
    um pouco triste mas perfeito.
    beijos

    ResponderExcluir
  24. Olá!
    Adorei o texto, muito inspirador e fofo. Você escreve muito bem *-*
    Eu acho que textos que tem amor no meio e sentimentos, são os que eu mais gosto :3
    Amei, beijos!

    Ps : O blog ficou fechado por um tempo , pois estavamos mudando o layout . Mais já voltamos *-*

    brechodeconteudo.blogspot.com

    ResponderExcluir
  25. Pois é... as vezes paramos no caminho à espera de q algo nos carregue. Não temos coragem de voltar nem de prosseguir. Bjo

    ResponderExcluir
  26. Lindo demais Suzana...
    e aí quando sai o livro? rs adoro teus textos.
    beijo grande

    ResponderExcluir
  27. Que texto lindo, adorei demais! Me identifiquei muito.
    www.espacegirl.blogspot.com

    ResponderExcluir
  28. Adorei tudo por aqui, e já estou seguindo, visita o meu e se gostar siga tb tá !! bjss
    http://www.mahmaquiagens.blogspot.com.br/

    ♥*´¨)*
    ¸.•*¸.•*´¨).•*¨)
    (¸.•´*(¸.•´*(.¸. • By Mah Dantas

    ResponderExcluir
  29. Um belo texto, Suzana. Parabens :)

    Creio que nós ainda não sabemos de fato o que é um sentimento, em sua forma mais pura. Portanto, durante nossa breve existência provamos de diversas frações, diversas ideias em relação aos mesmos, frações tais que nos fazem navegar entre as dimensões de nossa própria mente. Estamos fadados ao mar do esquecimento, não importa quem seja. Talvez grandes feitos sejam lembrados, porém o coração pulsando, a respiração lenta, os segundos que antecedem os mesmos nunca serão recuperados. Acredito que essa seja a vida,pois, tais frações nos instigam a prosseguir diante de uma estrada que após cruzarmos, será banhada no mar do esquecimento.

    ResponderExcluir

Deixe sua opinião, será muito bem vinda!

Caso tenha alguma duvida, pergunte, e volte no post que logo será respondido.

Os comentários não aparecem aqui assim que você comenta, todos os comentários são moderados, e podem demorar um pouco para aparecem na página.

ATENÇÃO BLOGUEIROS: Evite spam, não deixe mais de um link na sua postagem, ao contrário ela não será aceita. Eu retribuo COMENTÁRIOS DECENTES. :)