23 de fevereiro de 2013



A tarde foi crua. Pintei as unhas e toquei violão. Era tanta coisa a se fazer que no fim, acabei fazendo nada. Disperdicei o máximo possível, ignorei todas as pessoas que me chamaram no portão. Eu me tranquei à vida, como se tivesse certeza que existiria amanhã. Mas mesmo que amanhã existisse ou não, eu preciso estar apenas aonde gostaria. Mesmo que eu não saiba onde é melhor nesse momento. Ainda sou jovem e preciso aproveitar a oportunidade de ignorar algumas ditas obrigações, como arrumar a cama, passar chapinha no cabelo e tratar de tirar o pó da estante empoeirada. Antes de dormir, preciso contar uma coisa para vocês...

A tarde de sábado caía, e eu tratei de passar batom vermelho. Cabelo desarrumado, qualquer look, qualquer anél no dedo, qualquer sapato e brinco. Além de várias camadas de rímel. E era o ultimo evento do dia que o facebook me avisava. O dia já estava perdido mesmo. Ou ganhado, por que sobrevivi. Mas sei lá. O tempo já tinha passado, e era sábado. Então saí.

Foi o dia que me atrasei quando não queria atrasar, e chegando em qualquer lugar que estivesse, estavam as garotas que eu nem me preocupo em odiar, mas elas se acham demais para mim, sem motivo algum. E todos sorriam, mas não para mim. Quando me chamaram, era só para ajudar. E outra amiga tratou de avisar que tinha uma blusa igual a minha. Eu sorri para aquele garoto e ele me retribuiu, mas aquela minha colega me disse no ouvido logo depois: seu dente tá com batom. Tem como piorar?

Então eu me sentei no canto. E fiquei quetinha ouvindo uma banda tocar. Eram detalhes inocentes que estragavam meu dia, dá pra acreditar? Nessas horas, o máximo que podia fazer era tentar ser o mais normal possível. Nem entrar em desespero, nem provar que estava feliz. Quem se importa, nessa altura? Eu ignorei a todos mesmo o dia todo, e agora, só o que mereço é ser ignorada. Naquele momento, o que mais eu deveria pensar a não ser de que, era apenas outro dia? E tudo isso iria passar, e aquele garoto poderia lembrar do meu dente vermelho a semana inteira, mas ao menos lembraria. E um dia talvez ele me avistasse, e pensaria: "eu lembro dela de algum lugar...", mas aí eu já não estaria de batom vermelho, muito menos de dente colorido, prometo tomar cuidado! Ou, pra variar, nunca mais nos veremos na vida, e isso tudo vai ser histórinha de dia-a-dia.

Mas o dia vai passar. Eu não posso chorar porque meu olho atolado está de rímel, e talvez momentos piores venham acontecer. E às vezes precisamos fazer feio para que as pessoas se manifestem, porque na boa vontade tudo que fazem é silenciar. Hora de ir embora. Alguém pra ir comigo? Ah, claro, a colega. Olá. Tchau, até logo. Chego em casa: minha gatinha, meus livros, meus chocolates... Por que eu insisto em querer ser normal? A vida já é tão boa, e eu insisto em querer "fazer valer”, como se precisasse procurar. Talvez só viver já seja a própria felicidade. Depois de hoje, só sei de uma coisa: só vou sair, quando a felicidade estiver aqui dentro (de mim).


O que achou?
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...
Categorias:

30 comentários:

  1. Só posso dizer que AMEI esse texto, da pra ver que tem sinceridade :D
    Beijos, www.loucacinderela.com

    ResponderExcluir
  2. Esse texto tá tão lindo, mas tão único que fica até difícil de comentar algo que não seja para elogiar! Você escreveu de uma maneira simples e ficou até rítmica! Gostei mesmo! E sobre a parte de 'fazer valer' sofremos o mesmo! :c

    Beijos, Amanda.
    http://amdcianci.blogspot.com/
    tô seguindo por aqui! :*

    ResponderExcluir
  3. Muito lindo o texto.
    Adorei o blog, estou seguindo.

    Beijos
    http://do-youlove.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  4. Abra felicidade que tem ai ... haha'
    Ótimo texto !

    Beijos ♥'
    mundodasgarotasforever.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
  5. Mais um texto lindo! Por vezes eu deixei de chorar pra não borrar a maquiagem, e foi o melhor que eu fiz naquele momento pq se eu chorasse, ia demonstrar minha fraqueza, e não era isso que eu queria! Saia somente quando estiver bem consigo mesma, nada de agradar os outros ;)
    Excelente domingão!
    Beijinhos ;*

    http://bycarolinaa.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  6. ''Depois de hoje, só sei de uma coisa: só vou sair, quando a felicidade estiver aqui dentro (de mim).'' Definitivamente é a frase mais linda que eu ja li! Adorei a cronica muita boa!

    jovenclube(.blogspot.com.br)

    ResponderExcluir
  7. Belo texto Suzana!
    As vezes da preguiça mesmo né? rs

    http://nakitaaraujo.blogspot.com.br/
    Beijo!

    ResponderExcluir
  8. É.... Esses dias assim fazem fazem parte de nossas vidas. Agente aprende com erros não é? Espero que tu aprendas.... Abraços

    R. B. Mattozzo' - Blog Diretrizes da Vdia

    ResponderExcluir
  9. Que texto lindo <3 Amei , e bem criativo !!

    Beijos ...

    Post novo - aneldelacinho.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
  10. Mtoo lindo o blog.. Ameei *--*

    --beijos--
    myuniverse2012.blogspot.com

    ResponderExcluir
  11. É bem chato quando pequenos e às vezes bobos detalhes podem estragar um dia ou uma noite inteira, quem nunca passou por isso?
    uma coisa que fiquei pensando enquanto lia foi sobre o sábado, é sábado temos que sair, isso para mim é tão vago, já perdi as contas de quantos sábados passei em casa, talvez seja fase. Tinha uma época que eu tinha vontade de sair todo fim de semana, hoje sou extremamente caseira, e é bem melhor ficar em casa do que sair e colecionar decepções. rs

    Beijos

    ResponderExcluir
  12. você mudou o blog, tá lindoo!
    nossa, ontem foi bem assim p mim!
    Beijos!

    www.fashionfrisson.com

    ResponderExcluir
  13. Não sei se o eu-lírico é você mesma, mas eu completamente me indentifiquei com o texto, tanto em alguns aspectos do meu último sábado a noite, quanto em aspectos da vida em geral. Parabéns, ótima escrita.
    http://nossa-caixa.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  14. Gente que texto :O
    Eta noite mal vivida essa, mais deixa eu te falar uma coisa: os melhores momentos da vida são esses, deixa o povo falar extravasa e joga tudo pro ar!
    Beijos

    gabriela-amorim.blogspot.com

    ResponderExcluir
  15. Suzana,
    se não estivermos bem com nós mesmo, o melhor lugar se tornará um tédio!

    beijinhos :*
    Carol
    Um blog simples
    Sorteio de coisinhas ♥

    ResponderExcluir
  16. Gostei mt do post.
    Eu acho q as pessoas mais felizes são aquelas
    q não exigem mt das coisas para serem felizes sabe?
    Qualquer pequeno detalhe, já é uma grande felicidade.
    Devíamos ser todos assim =) Admiro muito isso ^^
    sapatilhadecristal.wordpress.com

    ResponderExcluir
  17. Gostei do texto. Concordei com a parte de sair por aí quando estiver feliz "sozinha" e antes de tudo.

    Beijos.

    ResponderExcluir
  18. Nossa, imagino que seja uma sensação angustiante... a gente fica toda linda para arrasar, ou pelo menos encantar e tudo sai ao contrário... bem, ao menos serve pra darmos a volta por cima... parabéns pelo texto, Florzinha! abraços e linda semana.

    ResponderExcluir
  19. Adorei o post! Você escreve muito, MUITO bem.
    Blog muito bonito, estou seguindo ;)
    beijos,
    Luana - http://ameninadolivro.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  20. Nossa Suzana arrasou no texto, adoro quando escreve cronicas de você mesma :* beijos

    ResponderExcluir
  21. Obrigada pessoal! Vocês me incentivam :)

    ResponderExcluir
  22. gostei bastante do texto, você falou tudo! essa coisa de fazer valer apena, ta na nossa cabeça, afinal quem disse que já não vale? talvez não precisamos de muito esforço pra ser feliz, e estamos desperdiçando tempo ao procurar.
    gostei muito do blog, seguindo (:

    minhaspequenasverdades.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
  23. "Depois de hoje, só sei de uma coisa: só vou sair, quando a felicidade estiver aqui dentro (de mim)."
    Bom, a minha opinião é que a felicidade já está dentro de você, basta você conseguir enxergá-la.
    Pequenos detalhes podem realmente abalar com uma noite (especialmente batom vermelho entre os dentes), mas estragá-la completamente, não.

    Beijooos,

    ser-escritora.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  24. Um dos melhores até agora :) ... ainda me vejo muito neste tipo de situação rs sábados são um caso sério xD

    Beijo!

    fairieswboots.blogspot.com

    ResponderExcluir
  25. awwn que texto maravilho, tu escreve muuuito bem *-*

    ResponderExcluir
  26. Tu escreve muuito bem*-* Adorei me identifiquei mt com vc,toco violão tbm haha *-* Tenho uma gata e amo chocolates.. Me identifiquei com a parte tb de vc "não ser normal" ~~haha~~ porque né!
    expressandosemmedo.blogspot.com.br

    ResponderExcluir

Deixe sua opinião, será muito bem vinda!

Caso tenha alguma duvida, pergunte, e volte no post que logo será respondido.

Os comentários não aparecem aqui assim que você comenta, todos os comentários são moderados, e podem demorar um pouco para aparecem na página.

ATENÇÃO BLOGUEIROS: Evite spam, não deixe mais de um link na sua postagem, ao contrário ela não será aceita. Eu retribuo COMENTÁRIOS DECENTES. :)