14 de maio de 2012



No começo daquele nosso fim, perdi a vontade de seguir em frente, perdi a vontade, e coragem de fazer tudo. Eu me vi perdida e sem razão. Você me fez muita falta naquele verão, e a mágoa que carreguei pesava, como pesava! Logo fiquei triste. Um mar de lágrimas me invadia todas as noites, até dias, junto a lembranças de um passado que eu pensava que nunca se tornaria passado.
Caminhei pelas ruas muitas vezes te procurando e nunca te encontrei. Busquei notícias suas e foi aí que mais me magoei. São tantos pesadelos guardados friamente na memória, tantas dores e decepções. Lágrimas.
Quis tirar disso uma lição e, muitas vezes menti dizendo que já tinha te esquecido, para aliviar o desespero de corações amigos. Várias vezes aconselhei dizendo que era possível ser forte, eu sabia disso. Me perdi em outros sorrisos, tentei pensar em umas outras faces e não fui capaz de beijar outras bocas. Tive amigos e confiei em outras pessoas, desabafei, abracei poucas vezes.
E segui. Me guardei e dei um tempo para o meu coração. Fui um pouco pessimista algumas vezes, confesso. Mas eu também sorri, falso ou verdadeiramente. Lembrei de ti inúmeras vezes por dia. Me conformei com a sua ausência.
Mas parece que agora nada mais fui além de forte. Me pego perguntando o porque das suas atitudes, sorrindo ao lembrar de momentos bons e me corroendo ao lembrar dos ruins. Parece que eu só aprendi a disfarçar, esconder. Não aprendi a te esquecer. E por melhor que as coisas estejam indo, sinto saudade da emoção que você me trazia, junto com todo o resto.
Não sinto falta dos momentos ruins, não desejo toda aquela minha desconfiança, aquela decepção, aquela preocupação... Só sinto falta das borboletas no meu estomago, dos sorrisos sinceros e das noites sem dormir por pura felicidade.
Com carinho escutei aquelas nossas musicas e não vi mais sentido nelas. Todas as promessas que haviam naquelas musicas hoje não existem, parecem sumir, parecem ir para o ralo junto com essa chuva que se mistura com minhas lágrimas. Me pergunto o que restou de mim além de um amor calado, um coração magoado e um pouco de você, bem guardado.

Suzana
O que achou?
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...
Categorias: ,

21 comentários:

  1. é inevitavel esquecer nossa alma gemea (:

    http://garotoonerd.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
  2. Eu também não aprendi a esquecê-lo totalmente, mas vou fazê-lo. Porém, ainda quero ter a amizade dele.

    Aw, obrigada pelo elogio. E pode ter certeza de que já estou preparando mais posts desse tipo ;)

    Bjonas e fique com Deus <3

    Camilla Martins - http://sugar-dance.org

    ResponderExcluir
  3. Adorei ... eu tenho alguns poemas também feitos para um antigo amor !
    um dia postarei .. e te convido a vê =)

    Bjus

    Rosachoquemakeup.blogspot.com

    ResponderExcluir
  4. Me pergunto também o que restou de mim, restou apenas uma parte que viverá adormecida, em meu tempo de meninice, onde tudo era possível e real, nada era doloroso ou mesmo ruim.Hoje, não tenho confiança em ninguém, nem mesmo em mim, me sinto magoada, e traída, e por tudo isto, eu acho que sobrou apenas lagrimas, decepções de momentos que um dia foram bons, mas só um dia, e estes dia se mante em meio a meu passado, e lembranças!

    ResponderExcluir
  5. Suzana :)
    É muito doloroso se não for impossivel esquecer um amor de verdade sabe?
    Apenas faça o que disse: Guarde as boas lembranças e um dia quem sabe um dia você o encontra novamente ou alguém que te faça mais e mais feliz.

    Excelente texto,um dos melhores que li aqui *-*
    Beijos e tenha uma excelente semana

    RIMAS DO PRETO

    ResponderExcluir
  6. uauuu, tás xonaaada heheh

    Beeeijooos


    http://re-becah.blogspot.com

    ResponderExcluir
  7. Nossa, ou você está apaixonada ou você está AMANDO! mto lindo o texto! :)

    ResponderExcluir
  8. Oie Suzana,
    Me desculpa,estava tão corrida!!Concordo com a leitora ai de cima a M.campanello,ou voce está amando ou está adorando!!Rsrsrs


    www.alebelacoma.blogspot.com
    Bjs
    Boa Semana
    Tem post novo...

    ResponderExcluir
  9. Caramba... Sem palavras pro seu texto... Fiquei sem saber se o texto é pessoal ou não, mas em todo caso, se for, não fique assim, pois já passei por isso uma vez e te garanto que uma hora tudo passa...
    Beijinhos!

    ResponderExcluir
  10. Suzana que perfeito, acabei de ler de boca aberta, lindas suas palavras, a emoção, o sentimento, ain amiga você arrasa nas palavras, sério mesmo, amei :* beijinhos

    ResponderExcluir
  11. ..das noites sem dormir de pura felicidade
    Incrível!
    Beijos!
    shoesandtears.blogspot.com

    ResponderExcluir
  12. nossa, que texto magnifico *-*


    http://fugindodarotina.com/

    ResponderExcluir
  13. Adorei o texto!
    Me fez lembrar de tanta coisa, amores do colégio, amigos que se foram ..


    Bjss


    Worspite Noivas

    ResponderExcluir
  14. Olá Suzana!

    Que texto! Lindo e envolvente. Apesar de triste, mostra aquilo que realmente vem de dentro. Como sei? Sinto que deveria ter escrito algo assim... E acho que te entendo. A coisa mais difícil vai ser sempre esquecer, mas enquanto vivemos mesmo assim, estaremos sendo fortes. Espero!

    Abraços
    http://suinguken.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  15. Texto meio triste, mas lindo!!
    Bjs, Thá.
    http://consumisse.blogspot.com
    @thaharaujo

    ResponderExcluir
  16. "E segui. Me guardei e dei um tempo para o meu coração. Fui um pouco pessimista algumas vezes, confesso."

    Amei o texto..e esse trecho me decifra muito bem!
    Adorei o seu cantinho..estou te seguindo.
    Se quiser da uma passadinha no meu:

    http://comamoremaiscaro.blogspot.com.br/

    grande beijo.sz

    ResponderExcluir
  17. nossa parece que me enxerguei muito lindo mesmo.

    ResponderExcluir
  18. Oi. Gostei do post.
    Recordei cada coisa lendo esse texto.
    Parece que foi ontem que vivi coisas parecidas.
    Gostei!
    um beijo.
    http://juliana-editions.blogspot.com

    ResponderExcluir
  19. maravilhoso texto, eu abandonei meu grande amor repentinamente deixando-a sem chaõ, estou muito arrependido mas nao encontro formas pra me redimir , obrigado por suas palavras,me faz entender o quanto magoe o seu coraçaõ
    .

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Obrigada pelo comentário e por gostar do texto! =)

      Excluir

Deixe sua opinião, será muito bem vinda!

Caso tenha alguma duvida, pergunte, e volte no post que logo será respondido.

Os comentários não aparecem aqui assim que você comenta, todos os comentários são moderados, e podem demorar um pouco para aparecem na página.

ATENÇÃO BLOGUEIROS: Evite spam, não deixe mais de um link na sua postagem, ao contrário ela não será aceita. Eu retribuo COMENTÁRIOS DECENTES. :)