15 de fevereiro de 2012


Como eu uso aparelho, visito o dentista regularmente e em véspera de consulta já me preparo: dia de ir ao dentista é dia de dor na certa. Então, nessas horas eu paro para ver o quanto sou fraca: uma simples mexidinha no dente trás uma dor, uma dor que parece tão insuportável, tão... dolorosa! É. Sentir dor é horrível, a ponto de parecer que dessa a gente não aguenta, não passa... mas passa.
E depois até me esqueço do quanto dói, sempre achamos ruim, mas não dá mesmo pra lembrar como a dor doeu depois que ela passa. Inocente e obrigatoriamente acabo voltando ao dentista.
Comparando isso com o amor, faz o maior sentido. Sempre achei dor de amor diferente. Mas no fundo, elas são iguais: doem, parecem não ter fim até que PUM! Ela passa, e nem nos lembramos como fomos capazes de chorar por tão pouca coisa. E pior: acabamos fazendo tudo outra vez!
Enxergando tamanha fraqueza, é impossível não notar o quanto somos iguais, no mínimo, parecidos. Sofremos dores sem fim que acabam e somos tolos suficientes para esquecer e encarar tudo outra vez. 
Quando nos relacionamos com "conhecidos", somos tão distantes, orgulhosos... Mantemos a sete chaves todos esses segredos que são tão comuns. Quanto mais o tempo passa para mim, mais eu vejo minhas incertezas igualadas à de outras pessoas, e, menos entendo o tamanho do pecado que seria falar ao próximo como verdadeiramente vai os seus dias e tamanho pecado é ouvir e não repassar a informação!
Além de todo esse egoísmo, qual o prazer em divulgar a fraqueza de alguém? Fraqueza que também tens? Porque a minha dor de dente é tão ridícula quanto a sua, meus erros são tão errados quantos os seus.

Suzana
O que achou?
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...
Categorias:

17 comentários:

  1. Adorei a postagem, obrigada pela visita bjs

    http://dreamsofagirl-blog.blogspot.com/
    http://bubblemagic-blog.blogspot.com/

    ResponderExcluir
  2. Você escreve super bem!
    E isso é a mais pura verdade..

    Um beijo,
    http://suavemalicia.blogspot.com/

    ResponderExcluir
  3. Nossa! Verdade ...na hora a gente acha que nunca vai passar mais depois você se acostuma com ela e nem sente mais tanto.

    http://evelynrestyles.blogspot.com/

    ResponderExcluir
  4. adorei hein?
    vc sempre fazendo a gente refletir hehe

    Flor, sempre que você atualizar seu blog, me avise que venho correndo comentar aqui! ˆˆ*

    Beeeijooos,

    http://re-becah.blogspot.com

    ResponderExcluir
  5. Realmente todos nos humanos somos limitados, apesar de não admitirmos, é sempre simples criticar o próximo e dizer onde ele está errado, ou mesmo revelar segredos alheios....Parar e refletir sobre a sua vida é sempre bom, e ver onde acerta e onde esta errando, afinal todos nos somos pessoas, humanos que erram...

    ResponderExcluir
  6. Obrigada ♥.♥

    Uau! Adorei o texto! Quem diria que uma ida ao dentista traria toda essa reflexão? Arrasou!

    BLOG | Página do Facebook | TwitterTumblrÚltimo Tutorial

    ResponderExcluir
  7. Suzana adorei a comparação, realmente dor é assim, as vezes a gente vai morrer com aquilo, mas quando passa nem lembramos mais do quanto aquilo nos machucou :* beijinhooos flor

    ResponderExcluir
  8. Noossa , outro dia estava pensando nisso , quando a dor passa ela parece tão menos dolorosa !
    bjjs
    laisborgess.blogspot.com

    ResponderExcluir
  9. Muito boa sua reflexão! estou em um momento de fragilidade, com meu avô na UTI e suas palavras deram um certo tipo de conforto...
    beijos!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. que bom que te confortou... lembre-se sempre que Deus sabe de todas as coisas e está no controle de tudo! :)

      Excluir
  10. Linda, já falei que vc escreve muito bem? rs

    Tirei essa frase de uma música: "Mas nem sempre a fraqueza que se sente quer dizer que a gente não é forte!", lembrei de vc! :)

    Um beijo, flor!
    http://pepperscrap.blogspot.com/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Acho que conheço essa musica *-* lembrou de mim? obrigada !!

      Excluir
  11. Não deixa uma criança ler isto! Vai ter pavor de dentista, eu não sou medrosa não, eu realmente vou e nem ligo, mas adorei o texto! Super bem escrito, e tava vendo seus comentários, da-lhe elogios hem! Sucesso com sua escrita ♥

    http://dezahoffmannmoda.blogspot.com

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. ahsuahushuashua é verdade né! Mas é por causa do aparelho mesmo.. e a dor q fez com que eu reflitisse tudo isso, magina só ! kkkk obrigada *-*

      Excluir
  12. Ainda bem que esquecemos a dor... senão não voltaríamos aos médicos... não teríamos o segundo filho... e nem voltaríamos a amar... :D
    Bjs
    Luisa

    http://efoiumdiaqueelacriouoseublogue.blogspot.com/

    ResponderExcluir
  13. Suzana *-*
    Lindo texto :)
    Um dos melhores que já li por aqui *----*

    Beijos e cuide-se
    __________________
    RIMAS DO PRETO

    ResponderExcluir

Deixe sua opinião, será muito bem vinda!

Caso tenha alguma duvida, pergunte, e volte no post que logo será respondido.

Os comentários não aparecem aqui assim que você comenta, todos os comentários são moderados, e podem demorar um pouco para aparecem na página.

ATENÇÃO BLOGUEIROS: Evite spam, não deixe mais de um link na sua postagem, ao contrário ela não será aceita. Eu retribuo COMENTÁRIOS DECENTES. :)