18 de setembro de 2014


Saindo um pouco da minha vibe literária de ultimamente, resolvi listar alguns dos meus filmes favoritos, e que eu acho que todo mundo deve assistir. Lembrando que está numa ordem aleatória, não dos que eu gosto mais ou goste menos. Hoje vou listar só desenhos, depois, se gostarem, eu listo alguns mais sérios ok ? Let's Go.


01. Enrolados - Nada mais é que uma versão moderninha de Rapunzel, além de ser engraçado, divertido, emocionante, com cenários bonitos e músicas divertidas. No Brasil, foram quase 3,7 bilhões de ingressos vendidos.


02. A Origem do Guardiões -  Uma animação recente, onde são colocados juntos os mitos da nossa infância: Papai Noel, Coelho da Páscoa e A Fada do Dente. Acho que esse filme passa uma mensagem pra todos de que nunca devemos ter medo, parece infantil, mais há umas piadinhas de duplo sentido que me agradaram bastante!


03. Branca de Neve e os Sete Anões - Minha vida se resume a esse filme. Foi o primeiro longa da Disney, e todos já tinham certo de que seria um fracasso. Porém, foi o maior sucesso da história do cinema na época de 1937.  Fechando contrato com Adriana Caselotti para que ela não pudesse cantar em outros filmes, tornando a voz da Branca de Neve única.


04. A Bela Adormecia - Foi um dos filmes mais caros produzidos pela Disney, levou quase 10 anos pra ser produzido e levaram 1 ano pra gravar todas as vozes. Porém, com o custo tão alto, a Disney levou um certo prejuízo, já que a bilheteria não foi tão boa. 


05. Frozen - O que dizer sobe Frozen? É um dos sucessos mais recentes dos estúdios Disney, e um dos mais bem vistos e com melhor bilheteria no Brasil.  É um filme super animado, com musicas engraçadas, personagens épicos e muitas reviravoltas. Assisti com a minha mãe e ela adorou!

Espero que vocês tenham gostado amorzinhos, são filmes bem bestas, mais que me acalmam de um jeito que eu não sei explicar. Desenho é vida minha gente UHAUSHUASHUH Beijos ♥

17 de setembro de 2014


Dia a Dia, Lado a Lado by Tulipa Ruiz/ Marcelo Jeneci on Grooveshark

Queria saber te fazer sorrir. Do jeito que você me faz com tanta facilidade. Queria ser determinada como você. Pra ter sua certeza de que é terrível ser indeciso. Queria conseguir te abraçar com um braço só. Ter facilidade de segurar um mundo nas mãos. Queria ser gentil como você. Pra nunca escancarar fragilidades. Queria ter suas imperfeições. Quem sabe assim você me amaria como eu te amo. Quem sabe você veria em mim a pessoa amável que és.

Queria conseguir, com um sorriso só, espantar uma cara feia. Queria com uma palavra transmitir paz ao coração. Queria tanto essa facilidade de começar longos beijos quase sem querer. De ter uma voz eloquente e ao mesmo tempo capaz de falar coisas lindas ao pé do ouvido. Queria diminuir da sua vida o peso que é carregar o meu falho amor.

Queria ser auto suficiente. Pra não depender dessas coisas. Mas se pudesse escolher, seria muito melhor ser suficiente pra você, e tomar teu tempo com minhas declarações de amor insolentes. Estúpida sou! Queria me calar pra não cansar teus ouvidos, queria me afastar pois tenho medo que se sinta só ao meu lado.

Ah! Eu queria ter coragem como você. Mas acho que vou tentar de novo.

16 de setembro de 2014


A história que leitora I. A. compartilhou comigo divide muitas opiniões, mas acontece com várias garotas. É um caso "simples", mas que nós mulheres fazemos aquela bagunça. Antes de mais nada, quero deixar claro que acredito que uma mulher não é menos valoriza por aceitar esse tipo de relacionamento. Mas acredito que ela precisa ser consciente e não aceitar só porque o garoto decide e depois ficar sofrendo pelas vontades não correspondidas.

"Gosto de um rapaz. Ele diz gostar de mim e ter medo de namorarmos porque acha que nossa relação super legal ficaria em risco, o que é fato... Mas as vezes acho que é uma desculpa para me manter de estepe, como tenho essa desconfiança vivo a minha vida, às vezes a gente se pega, às vezes não. uahushauhs Mas nos curtimos e eu nem sei o que fazer, porque às vezes fico com ciumes, às vezes nem ligo."

Pra começar, você tem que lembrar que você aceitou isso, então você concorda com ele, e agora está dentro de uma amizade colorida ou um relacionamento sem compromisso. A falta de interesse dele não pode se tornar prejudicial a você, você deve refletir e descobrir o que é melhor: ficar com um cara que praticamente não há chance de algo duradouro, ou deixar de "perder tempo" e estar com o coração aberto (e a consciência também) pra conhecer alguém legal. É claro que só você pode definir isso. O ciumes pode ser um indicio de algum sentimento, mas se nada foge do seu controle, ok! Identifique se está sendo um estepe pelo modo como ele trata: se ele tem respeito ou se só te procura quando quer e te deixa de lado depois (não se importa contigo) ou até mesmo se você está se sentindo enrolada. Esse tipo de relacionamento é incerto, se você tiver algum sentimento por ele, caia logo fora. Mas se você perceber que é o que quer no momento, oras, seja feliz. Mas não vai poder cobrar compromisso quando tudo acabar, ou quando ele se apaixonar e partir pra um namoro sério (com outra).

15 de setembro de 2014

"De tudo ao meu amor serei atento..."




Autor: Vinicius de Moraes| Editora: Companhia de Bolso | N° de Pág.: 328

“Para isso fomos feitos:
Para lembrar e ser lembrados 

Para chorar e fazer chorar"

"Antologia poética reúne a produção de um dos autores que mais influenciaram a cultura brasileira do século xx, tanto na literatura quanto na música popular. Relançamento exclusivo para o vestibular 2010, baseado na edição organizada pelo próprio Vinicius em 1960." (skoob)


Há um tempo

não lia poemas, por isso peguei a Antologia de Vinicius para voltar com o hábito (de ler e escrever poemas), e também para conhecer melhor a obra desse autor. No começo foi um pouco difícil não se entediar com os poemas (não esperava que ele fosse tão romântico!), mas conforme a leitura fluía e eu fui chegando ao final, acabei gostando dos poemas de amor. Confesso que não gosto de poemas muitos compridos, eu acabo me perdendo na leitura e a interpretação fica mais difícil. Grande parte do livro é composto de poemas mais compridos e com algumas metáforas confusas, mas qual antologia não é cheia de altos e baixos?

Claro que também tinha poemas mais curtos (sonetos) maravilhosos. E outros que soavam como música. Vinicius não se tornou uns de meus poetas favoritos, mas não há como negar que ele é um grande poeta. E claro que ainda espero reler vários desses escritos, pois melhor do que ler um poema é reler.  

No meu Tumblr de Quotes estou publicando todos os trechinhos e poemas que mais gostei ♥

"De repente o riso fez-se o pranto
Silencioso e branco como a bruma
E das bocas unidas fez-se a espuma
E das mãos espalmadas fez-se o espanto

De repente da calma fez-se o vento
Que dos olhos desfez a última chama
E da paixão fez-se o pressentimento
E do momento imóvel fez-se o drama

De repente não mais que de repente
Fez-se de triste o que se fez amante
E de sozinho o que se fez contente

Fez-se do amigo próximo, distante
Fez-se da vida uma aventura errante
De repente, não mais que de repente"
-Soneto da Separação

E um recado para quem não gosta de poesia: tente. =)


Nota: ♥ ♥ ♥ ♥  / 5 - | Leitura média | Comprar 
Me siga no Skoob.