29 de julho de 2014



Usei esse look para ir no shopping, e sempre me visto assim quando vou às compras, é confortável e quentinho para o friozinho que tem feito ultimamente. Sempre quis usar camisa+suéter, acontece que essas duas peças que eu usei não são as ideais para ficarem juntas por meros detalhes (como a gola desse suéter e a falta do botão pra fechar a camisa no pescoço), mas pretendo comprar novas para fazer mais e mais combinações: gosto muito.



Adoro combinar preto e branco com vermelho! Essa jaqueta vocês já viram muito assim por aqui. 



Prefiro mil vezes usar calça legging do que jeans! Mas pra ficar totalmente confortável prefiro combinar com blusas larguinhas e mais compridas.

Pulseira Astri.

A sapatilha é da Marisa.



E o colar é da Boutique 96.


O batom é o Lip Crayon RED, da Oceane Femme. 



Essa é uma combinação simplesinha, com aquelas sobreposições que eu sempre espero o frio chegar pra poder fazer! Dessa vez me não me lembro onde comprei quase nenhuma peça, mas não são muito difíceis de encontrar modelos parecidos hoje em dia. Gostaram?



28 de julho de 2014


Oi gente! Sei que esse post é quinzenal mas fiquei com vontade de escrever um pouquinho sobre mim ao invés de liberar outro post qualquer. O frio chegou de vez aqui em São Paulo, como SEMPRE acontece com meu aniversário chegando, falta apenas uma semana e eu não duvido nada que será uma semana chuvosa (como sempre é). Confesso que se eu pudesse escolher entre as roupas de frio que só vou usar por um mês (porque no próximo mês já começa a primavera mas ninguém lembra disso na hora de comprar presentes), eu ficaria com tudo que preciso para melhorar o blog: um layout novo, a renovação do domínio, uma câmera bacana e, quando fosse assoprar as velinhas, desejaria oportunidades de produzir coisas mais legais. 

Acordei com esse pensamento, meio desiludida, estou tão dividida entre o que fazer com meu tempo que às vezes me dá vontade de parar. Enfim, eu fiquei meio melancólica com esses pensamentos... Me sinto meio impotente, e acho que nessas horas o único jeito é seguir vivendo. Agora vamos falar do que se passou de bom por aqui.


No fim de semana retrasado aconteceu o Congresso da União Jovem, da minha igreja. Foram três dias de festa muito especiais. Quem me tem no facebook viu as fotos e até o vídeo. Nós combinamos usar azul e as meninas usaram vestidos sob medida, as meninas da liderança usaram o azul com a renda preta, ficou muito bonito. Depois eu mostro detalhes dos looks pra vocês.

Minha gatinha continua com sua rotina preguiçosa que eu invejo tanto.

Essa semana eu li muito (principalmente antes de dormir e tive sonhos malucos que já esqueci), no momento estou lendo 5 livros: A Estrada da Noite, O Cortiço, O que a bíblia diz sobre o homem, Vidas Secas e O Iluminado. Tudo muito diferente do que eu costumo ler, mas até que eu estou feliz com as escolhas.


O Luis Henrique tem tomado uma parcela especial dos meus dias mais contentes, nossa rotina (ou fugida dela) tem nos aproximado tanto! No ultimo fim de semana nós fizemos cookies de chocolates (dessa receita, e acrescentamos a quantidade de chocolate dessa receita), ficaram perfeitos! Comemos até enjoar. rs 

E assim os dias tem seguido. Peço que deixem sugestões do que vocês acham que pode melhorar aqui no blog, estou cheia de ideias mas um pouco confusa nelas. Então se vocês quiserem me ajudar um pouquinho, eu agradeço ♥

27 de julho de 2014


Um look confortável e basiquinho que usei para sair com meu love. Fiz uma combinação bem simples de duas estampas: listras e bolinhas. Com as cores todas neutras, dei um destaque para o batom vermelho bem aberto e uma pulseirinha delicada.


Delineado + batom vermelho Carmin, da Elke.


Desfocada :(

A blusa de bolinhas é uma camisa (com essa gravatinha fofa), da SammyDress.

O "suéter" de cima não me lembro aonde comprei.


A calça com o detalhe dos spikes comprei na CeA.


E a pulseira é Astri Biju. Gostaram da combinação?

26 de julho de 2014


Assim do seu lado eu estou em silêncio. Respirar é o que prova que estou viva, apesar de estar distraída e quase sem piscar há um tempinho. Com a cabeça no seu ombro, suas mãos na minha cintura. Com um movimento involuntário inspiro alto. Chamo sua atenção. Fecho os olhos para deixar claro que não foi intencional. Então sem querer estou novamente percebendo o quanto é cheiroso.

E de repente respirar é mais do que simplesmente estar viva.

Respirar é sentir seu cheiro e me faz sentir mais viva. Seja lá qual perfume estiver usando hoje. É vontade de usar suas roupas como uma viciada na sua fragrância, que é simplesmente sua. Não tem nome, não tem marca, nem preço. É mais do que a mistura do meu shampoo de cabelo, com o creme do corpo e o perfume fraquinho. Seu cheiro só me remete a sua pessoa, uma mistura da sua presença com algo intocável que entra pelas minhas narinas e se armazena na minha lembrança.

E então um dia qualquer quando estou de bobeira por aí, o aroma escapa da memória e passeia pelas minhas lembranças, fazendo com que eu me questione se estou sentindo ou só lembrando. De qualquer forma é tão real que procuro por você, ou procuro seguir o cheiro, que em um piscar de olhos se dissipa no ar. É tão real que quero respirar fundo e lentamente para que não acabe esse momento.

De repente me sinto feliz, em meio a decepção da alusão da sua presença intocável e inviável. Me sinto feliz porque você tem um cheiro que me lembra você e você me remete essa alegria. Me pergunto como, nessa rotina infeliz, o simples devaneio da lembrança tão intensa furta minha solidão em meio a sonhos e coisas impalpáveis. É loucura ser feliz?

Eu respiro seu cheiro que me inspira amor. Expiro desejo e soluço uma imensa saudade.

24 de julho de 2014

Aumenta o som e aperta o play!




Como tenho atualizado a rádio do blog toda semana, diminuí o ritmo de posts com o que eu tenho escutado, já que eu escuto muitos estilos e bandas diferentes, e curto praticamente de tudo, coloco na rádio as mais tocadas da minha playlist e deixo esse tipo de post pra outra hora. Porém hoje abri uma exceção e venho compartilhar com vocês 3 bandas nacionais que estão lançando clipes e músicas novas e que merecem nosso apoio, like e compartilhamentos. Tenho certeza que vocês vão concordar comigo:

Face Out



"Mas como a solução não virá de Brasilia, só Deus para nos proteger"

Os caras da Face Out me chamaram no face pra conferir o primeiro clipe deles que saiu a pouco tempo e... Que orgulho! Bandas com letras críticas e conscientes nunca são demais para os meus ouvidos e para o nosso Brasil. O trabalho ficou muito bom mesmo. (Face Out no facebook

Unidos Durante a Guerra



"Vem Jesus está a te chamar, ele quer te ajudar, ele vai te ajudar"

Esse é o primeiro som liberado do Primeiro EP da banda UDG, são colegas próximos meus e a letra fala sobre e incentiva nossa caminhada com Deus. Vale a pena dar o play. (UDG no facebook)

Pardais


"Eu só me importava in have some fun e seguir por onde eu passo"

Pra finalizar, os Pardais me apresentaram o video clipe com influência de Blues, Rock, Funk e Soul. O som descontraído e dançante me deixou animada. Vocês duvidam do potencial da banda carioca? (Pardais no facebook)

Espero que tenham curtido as indicações, não deixem de curtir as pages para acompanhar as novidades dessa galera que está vindo aí com tudo. Deixem suas opiniões e o que gostaram mais! ♥

23 de julho de 2014



Sinopse: Paulo (Cássio Gabus Mendes) está passando por dificuldades financeiras para sustentar as quatro filhas, Tina (Sophia Abrahão), Bella Camero (Bianca), Malu Rodrigues (Alice) e Clara Tiezzi (Karina), depois que anunciaram um novo aumento no aluguel. Quando ele avisa que eles precisam se mudar do apartamento onde vivem, na Barra da Tijuca (Zona Oeste do Rio), elas se comprometem em ajudar de alguma forma, começando a cortar despesas bobas e ajudando nas tarefas domésticas. Mas enquanto precisam lidar com essa novidade, o quarteto tem ainda outras experiências típicas, relacionadas a idade de cada um delas. Tina vem penando para conseguir um primeiro trabalho, ao mesmo tempo que vem se desentendendo com o namorado riquinho. Bianca, por outro lado, esconde uma relação misteriosa, diferente de sua irmã Alice,  ainda virgem, e as voltas com a famigerada primeira vez. Correndo por fora, Karina é a mais nerd da turma e anda atraindo as atenções de um dos colegas da escola, mas eles ainda não sabem bem ao certo como lidar com isso. Apesar dos conflitos, a união entre elas permanece e as experiências, tudo indica, irão contribuir ainda mais para manter a família unida. (fonte)



Um filme brasileiro pra ver sem preconceito.

Confissões de Adolescente gira em torno das situações que os jovens encontram nessa fase em que todo problema parece o fim do mundo. O roteiro seguiu os temas gerais: primeiro beijo, balada, bullyng, termino de relacionamentos, primeira vez, entre outros. 

Com algumas situações cômicas e outras cenas apelativas o filme procura expor explicitamente as situações que as 4 irmãs e as pessoas ao redor passam. Eu achei que o filme poderia ser mais pesado ao retratar as baladas, bebedeira e sexo sem proteção. Tanto a bebida sem o incentivo as drogas, quanto a gravidez indesejada são tratados de um modo muito "bonzinho" e superficial. Mas é um pouco impossível abranger tantos assuntos de forma "profunda" em apenas uma hora e meia de filme.

No fim eu logo acabei aceitando o roteiro e o fato de não me identificar com nenhuma situação. Acabei entendo que a ideia do filme não é expor um ponto de vista ou como tudo deveria ser, e sim expor uma realidade e uma decisão que cada personagem tomou e nos levar a reflexão, nos inserir no contexto e propor um assunto para pensarmos como julgaríamos cada situação seja ela inevitável ou não.

É um filme para jovens. Não adianta dizer que ele está incentivando as coisas pois não está. Se você tem o mínimo de educação você vai entender o filme e levar numa boa. As situações são simples, mas são claras. Às vezes eu nem lembrava que estava assistindo a um "filme" e sim alguma série casual. O que não deixou de ser bom. Sobre relacionamentos, ainda prefiro filmes que tentam ser realistas do que fantasias da Disney. Apesar das coisas acabarem meio bem dessa vez, eu tive lá minhas surpresas e momentos de risadas. Indico a todos.

Assistir Online | ♥ ♥ ♥ ♥ | Baixar

22 de julho de 2014


Somewhere Only We Know by Lily Allen on Grooveshark

É pequeno, é simples, é belo.

Eu acho pequeno demais comparado à alegria que me traz. Mas também sequer aguento carregar inteiro no coração. Certos momentos sinto como se fosse explodir. E expirar. Contigo. Para um estado mais pleno e perfeito do que o simples dia a dia que é tudo que posso te oferecer. E mesmo que com todo cuidado, ofereço com deslizes e cheio de imperfeições.

Mesmo assim não quero imaginar como seria viver sem você, ou melhor, sem o que sinto por você. De fato é o que me completa. Mas não aniquila minha solidão. E não te reclamo isso. Pois quando estou só sinto a falta que você faz. É uma das coisas que sinto: Sua falta. E mesmo só, tenho certeza de que não estou de fato só. Mesmo tremendamente sozinha, há uma gota de esperança na minha consciência que diz: ele está aqui.

Sinto sua presença mesmo quando não se faz presente. Como um presente que Deus enviou a mim. Como uma borboleta que pousa no meu ombro. Como joaninha que alça voo desesperado quando chego perto, desejando no meu intimo, ser tão ínfima quanto ela. Eu queria muito caber no coração de alguém. Ser transparente no agir, para que apenas sentissem minhas vibrações.

Sinto que não valho a pena pra tanto do teu cuidado. Me assemelho à uma folha que, jogada ao vento, não se sabe para aonde vai. Mas eu quero ser guardada no teu livro, marcando a página mais importante da tua história. Sei que o que um dia aclamávamos e deliciávamos não vai passar de vaidade. Se talvez entendêssemos que as marcas que o tempo nos dá são lembranças do quanto aprendemos com ele, carregaríamos rugas com orgulho. Mesmo assim eu faria tudo para ser tua eterna musa. Sei que não sou a mais bela, mas se eu carregasse nessa pequena folhinha o que de mais belo carrego comigo, não seria, quem sabe, capaz de alegrar (terna e eternamente) teus dias?

O que eu sinto por você não cabe nas palavras, mas preenche meu pequeno coração.